À medida que mergulhamos no fantástico mundo dos jogos por vezes damos por nós a pensar no trabalho e horas dedicadas à criação destes. No entanto e apesar de nos perdermos neste mundo muitos de nós nem sequer faz ideia dos processos pelos quais um jogo passa durante a sua fase de criação, mas com este artigo podemos ficar com uma ideia simples desses mesmos processos.

 

 A construção de um jogo passa por fases distintas e importantes:

 

  1. Primeiro de tudo é preciso ter uma ideia! Depois temos de a registar por escrito (história, diálogos, estilo gráfico, tecnologia necessária, animações e banda sonora). Quando optamos por uma história mais complexa temos a necessidade de fazer um pouco de pesquisa para que enredo, personagens e cenários sejam o mais realista possível.


  2. Uma vez que a história está assente no papel há que colocá-la no computador. É nesta fase que os programadores entram em ação, eles criam um conjunto de códigos matemáticos que suportam as animações e servem de base para outras versões futuras do mesmo jogo. O código utilizado pelos programadores é um código binário e é nesta fase que a plataforma do jogo é escolhida. O jogo acaba por ser criado em diversas linguagens (Sony, Nintendo, Microsoft, etc), o que pode provocar o aparecimento de bugs, erros de programação, corrigidos durante a fase de testes.

    Enquanto os programadores fazem o seu trabalho, os designers criam personagens e cenários. Primeiro desenham as ideias no papel, depois esses mesmos desenhos são passados para esculturas, feitas com uma pasta própria, que depois são digitalizadas para o computador para ganhar cor, textura, sombra e movimento.

 

  1. Depois de personagens criadas, os níveis de jogo, já planeados numa primeira fase, são construídos. É nesta fase que o jogo começa a ganhar forma.

 

  1. A parte musical costuma ser deixada para o final por ser a menos trabalhosa, mas não quer dizer que seja mais fácil. Uma equipa de músicos cria músicas de fundo, ruídos e músicas para cada personagem. A parte mais difícil desta fase é conseguir adaptar cada som aos milhares de possibilidades de um único movimento que um jogador pode fazer.

 

  1. Finalizadas todas estas fases o jogo está quase, quase pronto. Falta apenas a fase de testes. Primeiramente é criada uma versão semiacabada, denominada de alfa, que é esmiuçada pelos técnicos, que veem todos os detalhes de início ao fim, à procura de erros. Depois da versão alfa, surge a versão beta, que contém as funcionalidades da versão final, esta versão é enviada a gamers para ser testada. Estes gamers detetam bugs e outros erros. Numa terceira fase os erros encontrados são todos corrigidos e a versão final do jogo fica concluída!

 

 

 

O grande avanço tecnológico ajudou na evolução dos jogos e das plataformas a que se destinam. Hoje em dia, temos jogos diferentes plataformas, todos os jogos evoluem com o passar dos anos e essas plataformas evoluem com eles. Eis alguns casos mais familiares:

  • Jogos PC

Os jogos de PC evoluíram bastante num período de três a cinco anos. Muita desta evolução deve-se à enorme evolução da tecnologia que deu mais oportunidade aos produtores de fazerem jogos cada vez mais realistas e apetecíveis. É nesta plataforma que a evolução dos jogos é mais visível e é a nova moda que dificilmente irá perder o estatuto que tem vindo a conquistar. Um exemplo que mostra bem este desenvolvimento é o Football Manager, um jogo que não há muitos anos atrás utilizava pequenos círculos no relvado para representar os jogadores agora transcendeu bastante e já temos pequenos jogadores de a correr de um lado para o outro no relvado. Tudo isto num curto espaço de anos.

 

  • Jogos Online

Os jogos online ganharam verdadeira expansão e fulgor com a chegada da Internet nos anos 90. A partir desta época começou a existir a possibilidade de um alcance dos jogos a nível mundial, podíamos jogar com mais de um jogador ao mesmo tempo e interagir com eles. Os jogos online permitem sessões de jogos que podem reunir jogadores de todo o mundo, que trocam impressões à medida que vão jogando. A maravilha dos jogos online é que podem variar desde de um enredo simples até um bastante mais complexo. Que jogo melhor para ilustrar os jogos online do que o famoso League oF Legends? LOL, um jogo com um cenário complexo e repleto de criaturas mágicas e cenários surpreendentes. League of Legends reúne centenas e centenas de jogadores de todo o mundo e até tem o seu próprio campeonato mundial, o que prova a sua importância no mundo dos videojogos!

 

  • Jogos para Tablets e Smartphones

Com o desenvolvimento da tecnologia e da Internet era inevitável que o mundo dos jogos não chegasse aos dispositivos móveis como tablets e smarphones. Atualmente, os gráficos para estes dispositivos são de outro mundo e não ficam a dever nada aos jogos de PC e consolas. A evolução dos videojogos para estes dispositivos é tão grande que chega a assustar grandes empresas como a Nintendo que vê as suas consolas portáteis em risco. Os jogos para esta plataforma saem a uma velocidade louca e não saem apenas para Android, mas também para outros sistemas operativos como IOS, por exemplo. E o progresso não fica por aí, por exemplo com o recém-lançado Pokemon Go já não jogamos sentados, somos obrigados a sair e a explorar o mundo. Com o Pokemon Go conseguimos fazer coisas que não conseguimos com mais nenhum jogo!

 

 

Classifique este item
(0 votos)
Ler 1433 vezes Modificado em Out. 02, 2016

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top