A Kaspersky Lab anunciou a atribuição de uma nova patente de tecnologia de análise heurística nos EUA. A base da tecnologia patenteada tecnologia é a aplicação de um sistema que mede e classifica a segurança do software baseando-se no seu comportamento durante a emulação.

O método de análise heurística é essencial na hora de identificar códigos maliciosos ainda desconhecidos para os especialistas em vírus. Os métodos de identificação de ameaças que se utilizam actualmente não garantem uma eficácia de 100% e, portanto, torna-se necessária a inclusão de novas tecnologias que detectem e bloqueiem as potenciais ameaças.

A tecnologia heurística da Kaspersky Lab (Security Rating technology) foi desenvolvida por Nikolay Grebennikov, Oleg Zaitsev, Alexey Monastyrsky e Mikhail Pavlyushik e baseia-se num sistema de regras que classificam o nível de segurança em diferentes processos. Esta tecnologia foi patenteada com o número 7530 106 no Gabinete de Patentes e Comércio dos Estados Unidos em 5 de Maio de 2009.

Avaliação de riscos previne actividades hostis nos PC

A patente descreve um sistema de regras que se vão expandindo constantemente onde habitualmente ocorrem os ataques maliciosos: no acesso às diferentes partes do registo, no acesso à Internet ou nos ficheiros do sistema… Cada operação que se realiza é expressa em forma de percentagem e reflecte o nível de risco que existe na segurança do sistema. Quando uma operação é executada, aumenta a classificação acumulativa do rating. À medida que o rating vai crescendo, são introduzidas diferentes restrições de acesso a diversas fontes. Ou seja, a actividade hostil dos programas maliciosos pode ser prevenida através do bloqueio das portas de acesso que o programa malicioso necessitaria de ultrapassar para levar a cabo a sua actividade.

“A tecnologia Security Rating Tecnology patenteada pela Kaspersky Lab foi concebida para gerar de forma automática uma série de regras para as aplicações desconhecidas”, explica Nadia Kashchenko, Chief Intellectual Property Counsel da Kaspersky Lab. “Esta tecnologia é crucial para assegurar a transparência das soluções antivírus e para minimizar a necessidade de os utilizadores configurarem correctamente os programas de segurança”.
 
Esta tecnologia aumenta a eficácia da protecção dos PCs e faz com que os produtos da Kaspersky Lab sejam mais simples e intuitivos para o utilizador. Como resultado, a complexa tecnologia HIPS (Host-based Intrusion Prevention System) que foi integrada no Kaspersky Internet Security 2009 como um inovador módulo de filtragem, passa a ser acessível para todo o tipo de utilizadores e deixa de ser um campo reservado exclusivamente para especialistas informáticos.

Actualmente, a Kaspersky Lab tem mais de 30 patentes pendentes nos EUA e Rússia referentes a uma gama de inovadoras tecnologias desenvolvidas pelos membros da equipa da nossa companhia.

{mosgoogle}
Classifique este item
(0 votos)
Ler 3553 vezes Modificado em maio 24, 2009
Top