De acordo com o Kaspersky’s Family Report, mais de um quarto (28%) dos pais com crianças entre 7 e 12 anos consideram que o acesso a conteúdo nocivo (violento ou sexual) é o maior risco que os seus filhos enfrentam enquanto estão online. Conteúdos impróprios podem ser encontrados em qualquer parte da Internet, mesmo em anúncios que surgem nas aplicações, e quem os produz pode lucrar com este tipo de publicidade. O Kaspersky Safe Kids for Windows recebeu recentemente o prémio de Approved Parental Control de 2019 da AV-Comparatives e ajuda a manter as crianças protegidas contra conteúdo inapropriado.

Nem tudo o que está disponível na Internet é adequado para públicos mais jovens – e a quantidade de conteúdo perigoso disponível online está a aumentar rapidamente. Segundo os especialistas da Kaspersky, para minimizar o risco de as crianças encontrarem conteúdos impróprios, quase 3 em cada 10 pais (28%) tenta monitorizar o tempo que as crianças passam online. Por outro lado, mais de metade (58%) sente que precisa de controlar ou supervisionar os conteúdos que os seus filhos procuram online e de que forma utilizam a Internet.

Os investigadores da Check Point® Software Technologies Ltd., fornecedor líder global de soluções de ciber segurança, têm vindo a observar de utilização de uma nova tática de ransomware, conhecida por “dupla extorsão”, através do qual os ciber criminosos juntam uma etapa extra ao seu ataque. Antes de cifrarem a base de dados das vítimas, conseguem extrair uma grande quantidade de informação confidencial para de seguida ameaçar as vítimas com a sua publicação (a menos que seja pago um resgate). Para demonstrar que a ameaça é séria, os ciber atacantes filtram uma pequena parte da informação sensível na dark web para aumentar o nível de intimidação se não for pago o resgate.

A Xpand IT, tecnológica portuguesa especializada em Big Data, Business Intelligence, Middleware e Mobile, desenvolveu um conjunto de ações para ajudar a fazer face à pandemia provocada pela Covid-19.

No âmbito da sua política de responsabilidade social, a Xpand IT vai doar 15 mil euros à Liga dos Amigos do Hospital de Viana e 15 mil euros à Liga dos Amigos do Garcia de Orta. O valor dos donativos será direcionado para a compra de materiais de proteção individual para pessoal médico e equipamentos de suporte aos hospitais de retaguarda montados ou a ser montados. Máscaras cirúrgicas, fatos completos de proteção, batas ou viseiras serão alguns dos materiais adquiridos para ajudar os profissionais de saúde que estão na linha da frente da batalha contra o novo coronavírus. Numa altura em que as aulas passaram da sala de aula para as casas dos alunos, mas em que nem todos têm o material tecnológico necessário, a Xpand IT entregou também 3 computadores ao Gabinete da Secretaria de Estado para Cidadania e a Igualdade.

A ESC Online, marca do Grupo Estoril Sol licenciada em jogos de casino e apostas desportivas, acaba de lançar – em exclusivo mundial – a Banca Francesa, o primeiro jogo de dados no online.

A Banca Francesa é um jogo português e está regulado no mercado nacional. Esta adaptação para o online de um dos jogos de casino mais populares, tem como objetivo prever a soma total de três dados lançados.

A plataforma de apostas Betclic e a New Collective, criadora do famoso Revenge of the 90’s, apresentam este sábado o primeiro evento totalmente interativo: o Betclic Game Changer by Revenge of the 90’s. A ideia consiste num gameshow através de um live no Facebook, com cerca de 2h, conduzido por Paulo Silva e André Henriques, dois dos criadores da Revenge of the 90’s.   

A Sophos, líder global de cibersegurança de próxima geração, publicou um relatório da SophosLabs, “Não permita que Fleeceware entre no seu iPhone”, onde demonstra que utilizadores daqueles dispositivos Apple estão a ser alvo de aplicações que cobram sobretaxas através de subscrições dispendiosas ou compras in-app abusivas. A Sophos denomina este tipo de ameaças como “fleeceware” e os seus investigadores descobriram, recentemente, mais de 30 aplicações de fleeceware para iOS na App Store oficial da Apple. Entre elas, aparentam ter sido instaladas cerca de 3.6 milhões de vezes, de acordo com os dados disponibilizados ao público.

Recentemente, nos Estados Unidos, a Amazon anunciou que vai contratar cem mil pessoas para fazer face ao aumento das encomendas gerado pela pandemia Covid-19. Já em Portugal, desde que foi detetado o primeiro caso de coronavírus, o montante médio gasto nas lojas online aumentou 6%, de 37,50 para 39,70 euros por compra.

O receio pelo surto está a levar os consumidores a ficarem mais cautelosos com a realização de compras em locais públicos, o que tem provocado uma crescente procura pelos serviços de compras online, não só para adquirir bens essenciais, como artigos de entretenimento e lazer. Tendência esta que se acentua se pensarmos que fazer compras é também uma forma de “passar o tempo” e “combater o tédio” (necessidades que têm aumentado pelo facto das pessoas estarem confinadas em casa durante a quarentena), mas também porque as marcas com sites de e-commerce têm apostado em apresentar boas ofertas, como estratégia para sobreviverem à crise que ameaça o comércio e a economia global.

Pág. 7 de 3181

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top