sexta-feira, 23 novembro 2018 23:13

Check Point alerta para a evolução dos Ransomware

Check Point® Software Technologies Ltd., fornecedor líder especializado em cibersegurança a nivel mundial, alerta para a rápida transformação do ransomware, a que se tem assistido nos últimos anos. Antes, os cibercriminosos enviavam e-mails de phishing para milhares de endereços, agora o seu trabalho foca-se na melhoria da arquitetura do malware, com o objetivo de aumentar o grau de precisão e as técnias que permitem aceder aos botnets.

A INFINIDAT, fabricante independente líder em soluções de armazenamento empresarial multi-petabyte, identifica os três desafios críticos que, na ótica dos seus especialistas, as empresas devem ter em conta para evitar a perda de dados devido a ataques de ransomware e para cumprir as estritas regulações que o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) estabelece.

A notícia está a ser avançada por vários órgãos de comunicação social e indicam que os hospitais da CUF estão a ser alvo de um ataque informático desde sexta-feira.

De acordo com o jornal Correio da Manhã, existem mesmo suspeitas de que tenha sido feito um pedido de resgate, no entanto esta informação não está ainda confirmada.

De acordo com a Check Point® Software Technologies Ltd., em 2018 os cibercriminosos estão a usar cada vez mais o ransomware para dispositivos móveis. O recurso a este tipo de ataque, que sequestra o terminal da sua vítima, também cresceu de forma exponencial em computadores. Não é, portanto, de estranhar que também se tenham popularizado as suas variantes para smartphones e tablets.

terça-feira, 10 abril 2018 18:36

Investigadores de segurança descobrem PUBG Ransomware

Um grupo de investigadores ligado à segurança informática da empresa MalwareHunterTeam revelaram terem descoberto uma nova ameaça chamada PUBG Ransomware.

Este ransomware tem, contudo, uma característica e que contraria o que normalmente acontece com estes esquemas maliciosos: desbloqueia os ficheiros caso o proprietário do sistema jogue PlayerUnknown’s Battlegrounds.

Desde o início de 2018, o modelo de Ransomware-as-a-Service tem vindo a registar um boom. Um dos seus maiores exponentes é o GandCrab, que, em apenas dois meses, conseguiu infetar mais de 50.000 computadores, sobretudo nos Estados Unidos, Reino Unido e Escandinávia, e com o qual os cibercriminosos já ganharam mais de 600 mil dólares em receitas.

Os investigadores da Check Point® Software Technologies Ltd., o maior fabricante mundial especializado em cibersegurança, estudaram este malware para mostrar como está a evoluir o ransomware de quinta geração.

segunda-feira, 09 outubro 2017 19:28

46,1% de computadores ICS atacados em Portugal

Durante os primeiros seis meses do ano, os produtos da Kaspersky Lab bloquearam tentativas de ataque em 37.6% de várias dezenas de milhares de computadores ICS, protegendo-os na sua totalidade. Este número quase não sofreu alterações em comparação com o semestre anterior – é apenas 1.6 pontos percentuais menor que o segundo semestre de 2016. A maioria dos ataques ocorreu em empresas de produção de materiais, equipamentos e bens. Outras indústrias mais afetadas incluem a engenharia, educação e alimentar. Computadores ICS de empresas energéticas representam quase 5% de todos os ataques.

A Check Point® Software Technologies Ltd., o maior fabricante mundial especializado em segurança, descobriu um novo ransomware, chamado JAFF, que é enviado através da botnet Necurs.

 

Necurs é um dos distribuidores de malware mais eficazes de toda a rede. No passado, foi o responsável pela infeção de milhões de equipamentos com o ransomware Locky e o Trojan bancário Dridex. Durante os primeiros dias de atividade do JAFF, foram enviados mais de 10.000 emails corruptos por hora.

Pág. 3 de 3
Top