Os hackers recorrem cada vez mais aos sistemas de armazenamento na Cloud como o Google Drive para levar a cabo campanhas de phishing mais eficazes e convincentes. Esta é uma das principais descobertas do relatório da Kaspersky sobre Spam e Phishing relativo ao segundo trimestre de 2019. O relatório também revela que os hackers recorrem a técnicas de maior sofisticação para enfraquecer a reputação online no caso de as empresas não cederem à chantagem que lhes está a ser feita.

Segundo os dados da Kaspersky, no segundo trimestre de 2019 Portugal foi o quinto país que sofreu mais atraques de phishing em todo o mundo. Grécia foi o país com maior percentagem (26,20%) no que diz respeito à ativação de sistemas antiphishing entre abril e junho deste ano. Seguem-se a Venezuela (25,67%), o Brasil (20,86%), Austrália (17,73%), Portugal (17,47%) e Espanha (15,85%).

Publicado em Notícias

A Dell anunciou esta semana que a sua loja online sofreu um incidente de segurança no início do passado mês de novembro. De acordo com as informações disponibilizadas, um grupo de hackers conseguiu aceder aos sistemas e terá conseguido aceder às informações dos clientes da loja online e do suporte técnico da Dell, nomeadamente os nomes, emails e passwords.

Apesar deste alerta, a Dell informa que até ao momento não existem vestígios que levem a concluir que tenham sido roubados os dados referidos, no entanto podem ter sido roubadas algumas informações. A empresa afirma que os dados referentes a cartões de crédito e outros detalhes confidenciais não foram acedidos.

Publicado em Notícias

Um grupo de investigadores de segurança, revelaram ter descoberto uma nova forma de infetar computadores e que passam pelo recurso da colocação de vídeos em documentos do Microsoft Word.

Segundo revelaram os especialistas, os hackers aproveitam-se de uma vulnerabilidade no recurso Vídeo Online existente no Word e que permite, de forma fácil, a inclusão de um vídeo remoto (como por exemplo do Youtube) para que possa ser reproduzido diretamente no documento.

Publicado em Notícias

O fenómeno das criptomoedas e o aumento de um público interessado no mesmo nunca passaria despercebido aos hackers. Para atingir os seus objetivos maliciosos, os hackers recorrem a clássicas técnicas de phishing que vão além dos típicos cenários utilizados anteriormente. Inspirando-se nos investimentos ICO (Initial Coin Offering – Oferta de Moeda Inicial) e na distribuição gratuita de criptomoedas, os hackers conseguem beneficiar igualmente de investidores de criptomoedas e novatos.

Publicado em Notícias

Foi descoberto no Brasil que foram infetados 200 mil routers da MikroTik com um código modificado para que fossem postas “em produção” criptomoedas.

O código terá sido colocado a circular por hackers, e, segundo revelou a empresa de segurança Trustwave, foi usado o Coinhive, um script capaz de por os dispositivos a “minerar” moedas virtuais.

Publicado em Notícias

A indústria de cibersegurança demonstrou que as informações privadas dos utilizadores se tornaram num bem extremamente valioso devido ao seu potencial criminoso – incluindo a criação de um sofisticado perfil digital das vítimas ou a previsão de compras com base no comportamento do utilizador. Mas, enquanto a crescente paranoia dos consumidores quanto à má utilização dos seus dados pessoais é muitas vezes direcionada para plataformas online e métodos de recolha de dados, outras fontes de ameaça, menos óbvias, continuam a não estar sob proteção. Por exemplo, para ajudar no seu estilo de vida saudável, muitos utilizadores recorrem a fitness trackers para monitorizar as suas atividades desportivas e o seu exercício, com consequências muito perigosas.

Publicado em Notícias

O Bithumb decidiu, recentemente, suspender por breves instantes os serviços de depósito e levantamento devido ao facto de ter sido detetado que um grupo de criminosos conseguiu roubar mais de 30 milhões de dólares em moeda virtual.

Publicado em Notícias

Os especialistas da Kaspersky Lab descobriram um backdoor instalado num software de gestão de servidores usado por centenas de grandes empresas em todo o mundo.

Publicado em Notícias

Os computadores da HBO, conhecida produtora de conteúdos televisivos e cinematográficos, foram alvo de um ataque hacker.

Publicado em Notícias

Na passada segunda-feira, o Skype, popular serviço VoIP, esteve inacessível em grande parte da europa e em algumas regiões dos Estados Unidos. A Microsoft esteve quase 24 horas para voltar a por o serviço novamente operacional, em particular no velho continente sendo que existem ainda relatos de dificuldades no acesso ao serviço.

Enquanto a Microsoft se preocupava em resolver o problema no Skype, pouco foi falado sobre o que afinal terá causado o problema, tendo o grupo hacker CyberTeam já reenvidicado o ataque afirmando que pretende, em breve, levar a cabo novos ataques e a outros alvos.

Publicado em Notícias
Pág. 1 de 2

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top