Os cibernautas (68%) do Reino Unido recusam a proposta do Governo de cortar a Internet dos utilizadores suspeitos de realizarem downloads ilegais, de acordo com um estudo realizado pela YouGov, sendo a primeira que a opinião pública tem voto nesta matéria.

A pesquisa, publicada no jornal The Guardian, avança que a maioria da população britânica defende que, antes de uma atitude radical, as autoridades deveriam, pelo menos, começar por processar judicialmente os alegados infractores.

O secretário de Negócios inglês, Peter Mandelson, conhecido como Lord Mandelson e autor da proposta, está «claramente na contramão da opinião pública e deveria repensar» o seu projecto, alerta o director-executivo da associação que encomendeu o estudo, o Open Rights Group. Jim Killock alertou ainda para o facto de a questão ser bastante importante para as eleições.

Cerca de 44% dos entrevistados considerou que o corte de Internet afectaria de forma negativa o seu voto para um partido que defenderia essa política, enquanto 16% eram a favor de punições automáticas, baseadas em denúncias de proprietários de direitos de autor.

 Fonte : Diario Digital
{mosgoogle}
Classifique este item
(0 votos)
Ler 1211 vezes

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top