Numa acção realizada em conjunto entre o FBI e o governo chinês foram aprendidos diversos exemplares de software falsificado referente ás empresa Microsoft e Symantec. O valor desta apreensão ultrapassa os 360 milhões de euros. Para além da apreensão foi ainda detido um dos maiores piratas informáticos na China.

Esta operação iniciou-se em 2005 com a ajuda conjunta do FBI e do Ministério de Segurança Pública da China.O objectivo desta acção era conseguir identificar e deter os responsáveis pela falsificação do software na China assim como os distribuidores nos Estados Unidos.
Um dos detidos foi o chinês Ma Kepei que viu serem-lhe confiscadas cinco propriedades, os seus cumplices no negócio também foram apanhados pela policia americana. Foram ainda detidos mais dois falsificadores Wang Wenhua e Che Tingfeng e respectivos cumplices.

Para além das detenções foram ainda localizadas 14 fábricas que preparavam o software ilegal para a sua comercialização.

Estimava-se que 70% do material produzido tinha como destino a America, sendo que os restantes 30% seriam para distribuir no resto do mundo.

Publicidade :
{mosgoogle}
Classifique este item
(0 votos)
Ler 2604 vezes

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top