Nasce hoje, a 24 de Julho as Wintech Chronicles.

Agradeço à administração do Wintech o convite que me foi feito para redigir estas crónicas, sobre a informática e a tecnologia dos tempos modernos.

Esperamos igualmente que esta seja a primeira de muitas crónicas e o prolongar do sucesso Wintech, reconhecido, como o melhor portal de noticias e informação, no meio da comunicação social online.


Muitos de nós hoje em dia, especialmente na área da informática e das novas tecnologias, ouvimos falar ou lemos sobre a nanotecnologia. Mas o que é e que poder tem a nanotecnologia?
Actualmente uma das grandes empresas mundiais que faz uso ainda prematuro da nanotecnologia é a Intel. Empresa sobejamente conhecida por ser a melhor e maior empresa do mundo, na construção de semi-condutores e processadores para computadores.

A nanotecnologia não é nada mais, nada menos, que a transformação dos átomos para a construção de novos equipamentos, estruturas e materiais.

Todo o globo terrestre é composto por átomos. Uma cadeira é composto por milhares de átomos e tudo o que vemos à nossa volta, é constituído por átomos, incluindo nós próprios. Se imaginarmos que um dia podemos transformar e utilizar esses átomos para os mais diversos fins, vamos chegar à nanotecnologia de ponta.

Um nanômetro vale 1×10−9 metros – ou um milionésimo de milímetro. Tem como símbolo nm. Podemos imaginar uma praia, com 1000km de extensão, em que um grão de areia representa 1mm. A diferença de valores é o valor de escala do nanômetro. Este grão está para esta praia como um nanômetro está para o metro.

Actualmente e na área da informática e tecnologia já dispomos de processadores com velocidades de processamento acima da média (ou aquilo a que consideremos média ou valor de processamento rápido) e recentemente fomos brindados com a migração das fábricas da Intel e AMD para processos de fabrico de 65nm. Prevê-se que até ao final do ano, a Intel possa estar a produzir sob o processo de 45nm. Isto revela que efectivamente estamos a evoluir no campo da nanotecnologia, mas ainda assim, muito longe do que alguma vez o ser humano possa pensar que vai existir.

Se actualmente o ser humano tivesse poder e controlo sobre a nanotecnologia, poderíamos estar a controlar e a conjugar qualquer átomo. Poderíamos criar tecidos resistentes a nódoas, podíamos criar vidros e aplicações anti-erosão, poderíamos desenhar e desenvolver qualquer tipo de material com dimensões ultra reduzidas. Hoje em dia o processador é um elemento chave nos nossos computadores mas ainda assim, muitos de vós não imaginam a tremenda tecnologia e a reduzida dimensão destes semi-condutores.

{mospagebreak}

A imagem colocada em baixo, representa um circuito integrado, ampliado 2400 vezes. Geralmente vemos este tipo de imagens a representar as estruturas e os circuitos integrados dos processadores Intel e AMD, mas, a nanotecnologia já começa a ser utiliza em muitos outros mercados, como Medicina, a Ciência da Computação, Física, Química e Biologia por ex.



Um dia, quando a nanotecnologia estiver avançada o suficiente para a pudermos intitular de tecnologia de ponta, teremos a capacidade de estar programados para chegarmos a um determinado local e dizer: Cadeira! – e naquele preciso momento, é feita uma cadeira para nos sentarmos.
Isto é uma imagem futurista do que podemos um dia alcançar, quando tivermos o controlo total sobre os átomos e como os conjugar para criar materiais e utensílios a nosso favor.
Não nos podemos esquecer igualmente, que os átomos são parte integrante da nossa matéria, portanto, ao estarmos a fazer uso deles para criação de objectos e materiais, estamos a consumir recursos do planeta.

Pensava-se que o choque tecnológico estava dado, e que daqui para a frente iríamos criar e transformar o já existente. Estávamos redondamente enganados. A revolução tecnológica está a começar e o futuro reserva-nos mais e melhores soluções a todos os níveis.

Ainda estou desejoso de ver o dia em que vou vestir uma T-Shirt multi-padronizada, com uma simples tela de controlo, que permitirá mudar todo o padrão e cores dessa mesma T-Shirt, não sendo por isso, necessário comprar muitas mais…
O futuro é risonho neste campo e sempre que puder, estarei atento para vos puder dar a conhecer mais sobre o futuro da história da humanidade.

"Na Natureza, nada se perde, nada se cria, tudo se transforma" – Lavoisier 1789

Paulo Faustino | FxDi@mOnD ( Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. )

Classifique este item
(0 votos)
Ler 3348 vezes Modificado em Jul. 25, 2007

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top