Durante a Microsoft Global Exchange, a Microsoft, revelou que em 2008 esperavam inicialmente vender 85% de vendas para o Windows Vista e os restantes 15% destinavam-se a vendas do Windows XP.

Mas graças à fraca aceitação (face ao esperado pela Microsoft) na adopção do Windows Vista, a empresa de Redmond decidiu alterar essas "fasquias" e atribuiu como previsão de vendas 78% para o Vista (menos 7% que inicialmente) e 22% para o Windows XP (mais 7%). Apesar destas alterações a Microsoft não deverã ter muita diferença de facturação em relação ao inicialmente previsto.

A Microsoft revelou igualmente que vai prolongar o tempo destinado ao suporte técnico do Windows XP Home e Media Center equivalendo-o ao do Windows XP Professional, Abril de 2014.
Classifique este item
(0 votos)
Ler 2771 vezes
Top