Microsoft vai descontinuar algoritmo SHA-1 na assinatura das atualizações do Windows - Wintech

Num artigo publicado recentemente no site de suporte do Windows, a Microsoft refere que a partir de julho de 2019, as atualizações do Windows e WSUS irão suportar apenas assinaturas de código SHA-2.

Atualmente, as atualizações do Windows são assinadas duplamente com recurso aos algoritmos SHA-1 e SHA-2 para validar que estas são mesmo provenientes dos servidores da Microsoft e que não foram objeto de modificação durante a sua distribuição.

Tendo em conta o enfraquecimento do algoritmo do SHA-1 e para um alinhamento com os padrões da indústria, a Microsoft passará a usar apenas o algoritmo SHA-2 na assinatura das atualizações.

Os clientes que executem o Windows 7 SP1Windows Server 2008 SP2 e Windows Server 2008 R2 SP1, terão que suportar SHA-2 até julho de 2019. Os equipamentos onde este suporte não se verifique, deixarão de receber atualizações após esta data.

Para auxiliar os clientes nesta mudança, a Microsoft irá disponibilizar brevemente atualizações que ativarão o suporte para SHA-2. As primeiras chegarão a 12 de março para o Windows 7 SP1, Windows Server 2008 R2 SP1 e WSUS 3.0. A 9 de abril, será atualizado o Windows Server 2008 SP2.

18 de junho, as atualizações do Windows 10 passarão a usar apenas a assinatura SHA-2, não sendo necessário qualquer intervenção por parte dos clientes.

Mais informações sobre esta atualização: KB4472027

Classifique este item
(0 votos)
Ler 316 vezes
Tagged em

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top