Foi descoberto no Brasil que foram infetados 200 mil routers da MikroTik com um código modificado para que fossem postas “em produção” criptomoedas.

O código terá sido colocado a circular por hackers, e, segundo revelou a empresa de segurança Trustwave, foi usado o Coinhive, um script capaz de por os dispositivos a “minerar” moedas virtuais.

A mesma empresa de segurança indica ainda que este tipo de infeção é preocupante, pois é independente do que o utilizador do router visita, ou seja, se está ou não a visitar sites com conteúdo seguro pois é o router que começa a gerar a criação das moedas virtuais enquanto está em utilização.

Entretanto, a MikroTik já corrigiu a falha de segurança que está a ser explorada para a instalação d código malicioso, estando disponível desde abril, porém face ao descuido ou desconhecimento por parte dos consumidores domésticos, a atualização não foi descarregada em numero suficiente para evitar que fossem infetados mais duzentos mil equipamentos.

O download e as instruções de como proceder ao update está disponive a partir do site oficial da empresa.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 777 vezes
Tagged em

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top