A startup Smart Forest, solução que pretende prevenir incêndios, arrancou este fim-de-semana com um projeto piloto em Cascais, ao instalar cinco equipamentos na Quinta do Pisão. O acesso ao município de Cascais enquanto cidade experimental para startups ficou garantido depois de a Smart Forest ter sido eleita como uma das três ideias vencedoras da edição deste ano do Big Smart Cities, competição de empreendedorismo e inovação promovida pelo Vodafone Power Lab e pela Ericsson, e cuja final se realizou em julho.

Com a instalação de sensores IoT na Quinta do Pisão a Smart Forest vai recolher informações cruciais para a prevenção de incêndios, tais  como os níveis de dióxido de carbono, humidade, força e direção do vento. Depois de captados, estes dados são transmitidos pela rede móvel da Vodafone para um gateway que, através de um sistema de inteligência artificial, analisa e interpreta a informação, desencadeando alertas em caso de risco de incêndio.

A implementação do seu piloto em ambiente real é, por isso, essencial para que a Smart Forest consiga desenvolver o seu projeto, podendo vir a desempenhar um papel fundamental na prevenção de incêndios no futuro. Foi esse, aliás, o objetivo da 5.ª edição do Big Smart Cities ao acrescentar pela primeira vez este ano esta fase de experimentação. Cascais surgiu na linha da frente para se tornar o anfitrião desta experimentação, abrindo as portas do seu município para receber as mais variadas soluções smart das startups vencedoras desta competição.

Criado com o objetivo de descobrir e apoiar ideias de negócio de base tecnológica que melhorem o dia a dia de quem vive, visita ou trabalha nos grandes centros urbanos, ao longo das edições anteriores do Big Smart Cities foi-se tornando cada vez mais evidente a necessidade de se criar uma ponte entre as startups e as cidades, facilitando a implementação destas soluções. Cascais surgiu na linha da frente para se tornar o anfitrião desta experimentação, abrindo as portas do seu município para receber as mais variadas soluções smart das startups vencedoras desta competição.

A estratégia adotada nos últimos anos e consequentes iniciativas desenvolvidas, nomeadamente ao nível da mobilidade, eficiência energética e gestão de resíduos, fazem do Município de Cascais um bom exemplo do que pode ser uma cidade inteligente. Uma preocupação assumida igualmente pela Vodafone e pela Ericsson, que querem assim ajudar os jovens empreendedores nacionais e contribuir para a criação das cidades inteligentes do futuro.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 619 vezes
Tagged em

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top