A Check Point® Software Technologies Ltd., o maior fabricante mundial especializado em segurança, anunciou os resultados obtidos pelo primeiro estudo sobre o impacto dos ataques móveis nas empresas. As conclusões da investigação baseiam-se em dados recolhidos junto de mais de 850 empresas dos quatro continentes. Os resultados são claros: a mobilidade empresarial é susceptível de ser atacada nas duas principais plataformas móveis, Android e iOS.

 

As ameaças aos utilizadores móveis podem comprometer qualquer dispositivo e o acesso a dados confidenciais em qualquer momento. Afetam todo o tipo de organizações, dos bancos aos organismos do estado, passando pelo sector industrial. 

Algumas conclusões chave do relatório:

 

  • 100% das empresas já experimentaram alguma ameaça móvel
  • Cada empresa sofreu em média 54 ataques de malware móvel
  • 89% enfrentaram um ataque Man-in-the-Middle à sua Wi-Fi
  • 75% têm uma média de 35 dispositivos ligados à sua rede, aos quais foi feito root ou jailbreak

 

Como resposta às conclusões desta investigação, a Check Point informa que introduziu novas funcionalidades no SandBlast Mobile, a solução avançada de prevenção de ciberataques móveis líder do mercado. A tecnologia Check Point SandBlast Mobile protege contra as ameaças que afetam smartphones, tablets, apps e redes móveis, e conta com a maior taxa de captura do sector.

Os cibercriminosos continuam a desenvolver métodos para comprometer os terminais dos utilizadores, mas os melhoramentos introduzidos na solução Check Point SandBlast Mobile permitem a empresas e utilizadores contarem com novas características que os mantêm a salvo:

  • Deteção de inteligência artificial para bloquear de forma imediata o software malicioso de dia zero
  • Bloqueio de ataques SMiShing dirigidos a dispositivos iOS e Android
  • Uma nova aplicação que permite aos utilizadores monitorizar e controlar a segurança dos terminais 

“O valor financeiro e a frequência dos ataques aos dispositivos móveis superou a dos PCs em 2017, o que ajuda a explicar os dados do estudo", afirma Michael Shaulov, chefe de Produtos de Segurança Móvel e Cloud na Check Point. “Os smartphones e tablets são a nova porta dos fundos que os cibercriminosos usam para entrar nas organizações. É com muito prazer, por isso, que disponibilizamos agora uma solução SandBlast Mobile melhorada, capaz de proteger de forma proactiva empresas e utilizadores finais".

A Check Point obteve a mais elevada taxa de captura de ameaças do mercado na avaliação independente da Miercom 2017 Mobile Threat Defense Industry Assessment.

O fabricante de segurança percebeu que os vetores de ataque nestes terminais passaram dos ataques de malware conhecido ou de exploit de redes e sistemas operativos para as ameaças de dia zero, ataques por SMS e exploits Bluetooth. Para responder precisamente a esta evolução no campo das ameaças, a Check Point disponibiliza uma solução completa aos clientes empresariais, que faz parte da sua arquitetura de segurança Infinity. Esta suite partilha os seus indicadores entre as appliances de rede, os computadores, a cloud e os dispositivos móveis. Além disso, a Check Point também conta com uma oferta para utilizadores finais que é comercializada sob a marca ZoneAlarm.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 1031 vezes Modificado em Nov. 18, 2017
Tagged em

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top