A Microsoft anunciou esta semana, via Windows Blog, a disponibilidade de uma nova Build do Windows 10 para PC  e Mobile via Fast Ring, no âmbito do Windows Insider Program.

A Build 16232 trás as habituais correções de bugs identificados na Build anterior, com destaque para os problemas com a Framework .NET 3.5 que levava à falha da atualização, no Auto Complete do Microsoft Edge, na Cortana, na execução de aplicações como o Word 2016, no XAML Acrylic Brush, entre outros.


Da lista de funcionalidades, a Microsoft começa por destacar as novidades do Windows Defender Application Guard. Este recurso de segurança vai permitir por exemplo que dados como os Favoritos, Passwords e Cookies guardados no Edge persistam também nas sessões do browser que tenham o Application Guard ativo.

 

 

 

No blog post, a Microsoft detalha todos os passos para fazer a ativação desta funcionalidade via Group Policy, e também como abrir janelas neste modo, adicionar favoritos, etc.

 

 

No vídeo que se segue, encontrará igualmente mais detalhes sobre esta funcionalidade de segurança:

 

youtube.com/watch?v=J7fSeYEftRE

 

Nesta Build, o Windows Defender Security Center ganha uma nova opção: O Exploit Protection. A partir desta, os utilizadores podem analisar e configurar todos os aspetos associados às definições anti-exploit do Windows 10. Para tirar proveito desta nova opção de segurança, os utilizadores não necessitam utilizar o antivírus nativo do Windows 10, tendo em conta que o Exploit Protection usa a tecnologia do Microsoft EMET (Enhanced Mitigation Experience Toolkit).



A Microsoft irá disponibilizará em breve no site Microsoft Docs documentação mais detalhada sobre este novo recurso.

No Windows Defender Security Center foi ainda incluída a opção “Acesso Controlado” nas definições do Antivirus. Esta nova funcionalidade de segurança ajuda a proteger pastas que contenham dados importantes contra ransomware.

Este recurso depois de configurado, faz uma analise a potenciais alterações que determinadas aplicações tentam fazer nos ficheiros guardados nas pastas sobre proteção. Sempre que uma aplicação em “Black list” tenta alterar estes ficheiros, os utilizadores são notificados de imediato.

 

 

À lista das pastas protegidas é possível ainda adicionar novos locais e aplicações para que sejam consideradas fidedignas pelo “Acesso Controlado”.

 

 

Em relação a bugs já identificados, a Microsoft refere um problema durante a atualização que gera o código de erro  0x80070643, problemas com a execução de algumas UWP Apps, bloqueio temporário do Gestor de Tarefas quando executado, entre outros.  

A Build 15228 do Windows 10 Mobile traz maioritariamente correções de bugs identificados na build anterior, onde se inclui a resolução dos problemas nas notificações, nos consumos elevados de bateria durante a utilização da camera, nos crash provocados pela App Photos, entre outros.

Poderá saber mais detalhes visite o Windows Blog.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 634 vezes Modificado em Jun. 30, 2017

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top