Um guia com som para ambientes interiores compatível com um smartphone convencional que pode ser útil, por exemplo, em museus, e um protótipo de uma cadeira inteligente com sensores que classifica e corrige posturas erradas. Estas foram as duas ideias que valeram a Sérgio Lopes e Bruno Ribeiro os primeiros lugares, respetivamente, nas categorias de Doutoramento e Mestrado da 6ª edição do Fraunhofer Portugal Challenge. A final do concurso de ideias decorreu ontem, dia 28 de Outubro, com atribuição de prémios aos seis finalistas (três em cada categoria).

 

Os seis finalistas tiveram a oportunidade de apresentar e defender publicamente as suas ideias perante um júri constituído por sete elementos que representaram várias áreas como a indústria, o poder local, a investigação e o ensino. O júri foi constituído por um painel de especialistas convidados, entre os quais o Vereador da Inovação e Ambiente da Câmara Municipal do Porto, Filipe Araújo, e representantes de instituições como João Ferreira, da FEUP, e empresas de referência como Marlos Silva, da SONAE, e Artur Baptista, da Vodafone Portugal.

 

 

Para além dos dois projetos vencedores, foram também apresentadas outras ideias como um sistema que efetua eletrocardiogramas através dos dedos (2º lugar na categoria de Mestrados); uma antena de banda ultra larga para implantação no corpo humano que comunica com um dispositivo externo (3º lugar na categoria de Mestrados); uma tecnologia que servirá de objeto de estudo ao fenómeno da adaptabilidade dos media tangíveis (2º lugar na categoria de Doutoramentos); e uma nova solução para codificação de vídeo (3º lugar na categoria de Doutoramentos).

 

Premiados na categoria de Mestrado

1º Prémio - Bruno Ribeiro (Universidade Nova de Lisboa) – “SYPEC: Development of New Algorithms of Postural Classification and Correction”

2º Prémio - Diana Batista (IST-Universidade de Lisboa) – “Pervasive ECG monitoring and analysis: a cloud computing approach for user-centered healthcare”

3º Prémio - João Felício (IST-Universidade de Lisboa) – “Wideband Body-Implantable Antenna for Short-Range High Data Rate Communication”

 

 

Premiados na categoria de Doutoramento

1º Prémio - Sérgio Lopes (Universidade de Aveiro) – “Bringing low-cost centimeter-level indoor positioning to conventional smartphones”

2º Prémio - Mário Vairinhos (Universidade de Aveiro) – “ATA - Adaptable Tangible Artifacts in Home Environment”

3º Prémio - Hoang Van Xiem (IST-Universidade de Lisboa) – “A Novel Scalable Video Coding Solution Combining the Predictive and Distributed Paradigms”

 

 

Organizado desde 2010, o Fraunhofer Portugal Challenge procura encorajar a cooperação entre a indústria e a comunidade científica, motivando e premiando a investigação de utilidade prática através da atribuição de um prémio a estudantes e investigadores que melhor contribuam para a filosofia que sustenta a visão do Fraunhofer AICOS: ‘Alargar o Âmbito da Sociedade da Informação e Conhecimento’, bem como a sua missão de criar ‘Tecnologia Notável, Fácil de Usar’. As ideias a concurso são baseadas em teses de Mestrado ou Doutoramento e contemplam uma vertente prática, ou seja, são orientadas para o mercado, com aplicabilidade na indústria ou no quotidiano da vida das pessoas. Anualmente, são distinguidas as melhores ideias nas áreas de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), multimédia e ciências relacionadas.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 1135 vezes Modificado em Out. 29, 2015

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Apoiamos

Gled Agra X Streamer @ Facebook

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top