Reiterando o seu compromisso com a Região Autónoma da Madeira (RAM), onde se posiciona como uma referência tecnológica e importante agente de desenvolvimento socioeconómico, a PT promoveu esta semana a aproximação à comunidade madeirense, reforçando o seu investimento na região.

A PT contribui ano após ano para o crescimento e progresso da RAM, tendo nos últimos cinco anos investido cerca de 50 milhões de euros, numa lógica global de impulsionamento do desenvolvimento económico, social e tecnológico em Portugal.

 

Face à importância estratégica desta região, a PT tem vindo a privilegiar a construção da rede de nova geração FTTHe a melhoria da rede de interligação através da implementação de um anel ótico à volta da ilha, simbolizando uma maior capacidade de transmissão, fiabilidade e redundância das comunicações. Na RAM, a PT tem vindo ainda a aumentar a capacidade da rede de ligações com o exterior, nomeadamente através da ampliação do anel ótico Continente-Açores-Madeira.

Promovendo a criação de emprego e com o objetivo de dotar recursos humanos de competências mais ajustadas às exigências profissionais, a PT deu desta forma um novo impulso ao seu Centro de Formação e Certificação Técnica da RAM, onde é conferida habilitação técnica em telecomunicações a colaboradores e service providers PT. Esta certificação de competências técnicas, de caráter obrigatório, consiste num processo rigoroso de formação e de avaliação desenvolvido pela PT, com vista a aferir, em ambiente real, os procedimentos comportamentais, técnicos e processuais orientadores da máxima qualidade de serviço e da satisfação contínua dos clientes. A PT já certificou neste centro cerca de 100 técnicos de field force, número médio anual que prevê manter. 

A PT assinala ainda a importância da tecnologia como meio de aproximação à comunidade através da celebração de um conjunto de protocolos, com diferentes entidades madeirenses. Através destes protocolos, a PT coloca de forma global e estratégica a tecnologia ao serviço da Madeira, dando uma nova dimensão aos serviços core que atualmente disponibiliza na região.

No quadro de um protocolo que assinou com o Serviço Regional de Proteção Civil, a PT assegura a instalação de 25 telefones satélite em pontos estratégicos da RAM, o que contribuirá para dotar a região de uma rede de emergência de último recurso. Na mesma linha, a PT estabelece um protocolo com o Parque Natural da Madeira, no contexto do qual procederá à instalação de comunicações via satélite nas Ilhas Selvagens e, dessa forma, dotará o Parque de melhores condições para o exercício da sua função.

Ao nível das soluções core, a PT estabeleceu um memorando de entendimento com a Datarede e Academia de Informática Brava – Engenharia de Sistemas (ACIN), com vista ao desenvolvimento de uma parceria na área dos pagamentos móveis de estacionamento, gestão das concessões e soluções aplicacionais de gestão das empresas. O pagamento móvel de estacionamento permite uma melhoria da qualidade do serviço prestado aos cidadãos, que passam a dispor de formas alternativas de utilização e pagamento dos parquímetros, com autonomia e comodidade acrescidas, aumento da acessibilidade dos estacionamentos em via pública e redução de custos de manutenção dos parquímetros.

A PT associa-se ainda às Casas do Povo com o objetivo de alargar de uma forma global à RAM o acesso ao MEO Kanal. Com a Secretaria Regional dos Assuntos Sociais/Instituto de Segurança Social da Madeira, a PT vai instalar no Instituto e nas Instituições Particulares de Solidariedade Social uma rede MEO Kanal para formação e divulgação de boas práticas no setor social. Lançado em fevereiro de 2012, o MEO Kanal significou mais um passo na revolução da TV em Portugal: a TV clássica passou a partir de então a ser a TV em que é possível marcar presença com o próprio canal de TV. Desde o lançamento, foram criados mais de 36  mil canais, disponibilizadas mais de 85 mil horas de conteúdos e mais de 530 mil vídeos. Só na Madeira, foram já criados mais de 500 canais e verificadas mais de 1 milhão de visualizações.

Na área de responsabilidade social, a Fundação PT celebra protocolos com diversas entidades – Sociedade de Desenvolvimento da Ponta Oeste, Associação dos Amigos de Pessoas com Necessidades Especiais, ADENORMA e Universidade Sénior de Santa Maria Maior, Serviço Regional de Proteção Civil e Associação Zero Infinito –, numa ótica de disponibilização do know-how técnico e da experiência em soluções de telecomunicações de inclusão ao serviço de algumas das causas mais nobres da sociedade. 

Classifique este item
(0 votos)
Ler 855 vezes Modificado em Set. 15, 2013
Top