O perfil de Mark Zuckerberg, no Facebook, foi atacado por um hacker palestiniano. O objetivo, contrariamente ao que é normal, foi provar a existência de uma falha de segurança na rede social.

O hacker, de nome Khalil Shreateh, afirma ter descoberto uma vulnerabilidade no Facebook que permite a publicação de conteúdos no mural de qualquer utilizador da rede social, apresentando-os de forma semelhante às mensagens dos proprietários das contas.

 

No perfil de Mark Zuckerberg, Khalil, escreveu “primeiro peço desculpas por invadir a sua privacidade e publicar no seu mural”, e continuou dizendo "não tive escolha depois de todas as notificações que eu enviei para a equipa do Facebook".

Apesar do ataque reivindicado, a rede social não reconheceu ainda a existência da vulnerabilidade, impedindo desta forma que o hacker fosse recompensado pela descoberta.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 760 vezes Modificado em Ago. 19, 2013

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top