A Google revelou hoje que no segundo semestre de 2012 foi registado um aumento de pedidos oficiais para a remoção de conteúdos publicados nos seus diversos serviços.

Assim, e segundo revelou a empresa, entre julho e o fim de dezembro de 2012, a Google recebeu 2 285 pedidos provenientes da polícia, justiça ou de outras autoridades governamentais solicitando que fossem retirados 24 179 conteúdos, perfazendo um aumento de 18 070 conteúdos em relação aos seis meses anteriores, em que o número de pedidos para retirada de dados tinha sido de 1 811.

 

A Google indica ainda que no primeiro e segundo semestre de 2012 o Brasil foi o país com mais pedidos de retirada de dados (passou de 191 para 647), situação idêntica à da Rússia onde uma nova lei permitiu um crescimento bastante acentuado nos pedidos (114 pedidos no segundo semestre de 2012 contra os seis registados no primeiro semestre do mesmo ano).

A Google refere ainda ter recebido 20 pedidos para a retirada do filme "A inocência dos muçulmanos" que mostrava o profeta Maomé como um bandido com práticas desviantes no mundo muçulmano.

No que diz respeito a Portugal, durante o período analisado, a Google recebeu cinco pedidos das autoridades nacionais para a remoção de conteúdos publicados.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 1432 vezes Modificado em Abr. 27, 2013
Top