Segundo o relatório Internet Security Threat Report da Symantec, revelado esta semana, Portugal foi o 38.º país a registar mais ameaças na Internet em 2012, tendo subido 6 posições face ao 44.º lugar ocupado no ano anterior.

Luís Ramos, especialista em Segurança da Symantec, disse à agência lusa que “os números do relatório são preocupantes pelo simples facto de Portugal estar pior do que em 2011”, explicando que, em Fevereiro, “60 por cento do tráfego de e-mails monitorizados em Portugal dizia respeito a mensagens de ‘spam’ (mensagem eletrónicas não solicitadas).


“O setor químico e farmacêutico foi o que mais contribuiu para que seis em cada dez e-mails seja ‘spam’, seguido do setor de serviços profissionais e do governo/setor público”, revela o relatório.

A nível global, o Internet Security Threat Report da Symantec revela um aumento na ordem dos 42 por cento nos ataques dirigidos em 2012, quando comparado com o ano anterior, que estão cada vez mais a atingir o setor industrial, bem como pequenas empresas, que constituem o alvo de 31 por cento destes ataques, quando há um ano representavam apenas 18 por cento.

Luís Ramos fez questão ainda de destacar que as pequenas empresas (com menos de 250 colaboradores) são os alvos, neste momento, mais atrativos dos ataques na Internet.
“Embora as pequenas empresas possam achar que estão imunes a ataques dirigidos, os cibercriminosos são atraídos pelos dados bancários, os dados de clientes e a propriedade intelectual destas organizações”, explicou.

Os interessados em visualizar este relatório podem faze-lo a partir deste endereço.

youtube.com/watch?v=183BJoXzuLw

Classifique este item
(0 votos)
Ler 1539 vezes

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top