Os veículos aéreos não tripulados civis, mais conhecidos como drones, fazem parte de um mercado em ascensão. A Kaspersky atualizou a sua solução antidrone, Kaspersky Antidrone, para melhorar a escalabilidade e a interface do sistema, bem como para otimizar a visualização de incidentes. Trata-se de um sistema abrangente que deteta, identifica e neutraliza drones civis que representem uma ameaça à segurança em diferentes ambientes.

Os investigadores da Kaspersky descobriram que as vulnerabilidades dos brinquedos inteligentes podem tornar as crianças potenciais alvos dos cibercriminosos. Os smart toys podem permitir que indivíduos maliciosos assumam o controlo do sistema do brinquedo e o utilizem indevidamente para comunicar com as crianças, através de conversação por vídeo, sem o consentimento dos pais. Os riscos associados conduzem à partilha de dados sensíveis como os nomes dos utilizadores, o sexo, a idade e até a sua localização, comprometendo a segurança das crianças e das suas famílias.

A Kaspersky volta a participar no Mobile World Congress (MWC), que se realiza em Barcelona, entre os dias 26 e 29 de fevereiro. Apresentará os seus de produtos de cibersegurança direcionados para as empresas, bem como as suas soluções de ciber-imunidade, no stand 2C31, localizado no Pavilhão 2.

domingo, 18 fevereiro 2024 15:20

Kaspersky reformula programa de parceiros United

A Kaspersky realizou uma grande reformulação no seu programa de parceiros United. À medida que o número de parceiros da empresa em todo o mundo cresce exponencialmente, a Kaspersky definiu quatro novas abordagens específicas para aqueles que vendem, implementam, fornecem serviços geridos ou criam soluções com produtos Kaspersky. Para impulsionar esta nova abordagem, o programa de parceiros, os benefícios e a motivação foram revistos para se alinharem melhor com os modelos de negócio dos seus parceiros.

Um novo estudo, encomendado pela Kaspersky e que abrangeu a 21000 pessoas em todo o mundo, revela dados chocantes sobre a extensão do abuso digital. Em Portugal, onde foram inquiridas 1000 pessoas, os números são alarmantes.

Neste Dia de São Valentim, a Kaspersky revela as conclusões de um estudo à escala global, que se baseou em entrevistas a 21 mil pessoas em 21 países de todo o mundo, Portugal incluído, e que mostra que os relacionamentos online apresentam fragilidades.

segunda-feira, 29 janeiro 2024 11:13

Kaspersky revela novo método para deteção do Pegasus

 

Os investigadores da Kaspersky revelaram um novo método simplificado que deteta o Pegasus, um spyware sofisticado para iOS, e novas ameaças semelhantes a este, denominadas de Reign e Predator, criando assim uma ferramenta de auto-verificação para os utilizadores. 

A Equipa Global de Investigação e Análise (GReAT) da Kaspersky desenvolveu um método simplificado, para detetar indicadores de infeção de spyware sofisticado para iOS, como o Pegasus, o Reign e o Predator, através da análise do Shutdown.log, um artefacto forense até agora inexplorado.

segunda-feira, 29 janeiro 2024 11:12

Ameaça para macOS compromete carteiras de criptomoedas

Os investigadores da Kaspersky descobriram um tipo de malware, pouco convencional, que tem como alvo os utilizadores do macOS. Esta família de software malicioso anteriormente desconhecida, distribuída discretamente através de aplicações pirateadas, tem como alvo as criptomoedas dos utilizadores do macOS, que são armazenadas em carteiras digitais.

Este Trojan criptográfico é único por duas razões: primeiro, utiliza registos DNS para entregar o seu script Python malicioso. E depois, não se limita a roubar certeiras de criptomoedas – também substitui a aplicação wallet por uma versão infetada. Isto permite-lhe roubar a frase secreta utilizada para aceder às criptomoedas armazenada nestas carteiras.

Os incidentes de cibersegurança causados pelo ser humano são, normalmente, erros ocasionais. Contudo, há erros que são cometidos de forma deliberada e premeditada. A Kaspersky realizou um novo estudo que comprova que, nos últimos dois anos, 77% das empresas sofreram algum incidente cibernético e que 1/5 desses incidentes foram causados pelo comportamento mal-intencionado e deliberado dos colaboradores.

segunda-feira, 08 janeiro 2024 16:08

Resoluções digitais de Ano Novo ganham mais importância

Á medida que o mundo recebe 2024, a tecnologia integra cada vez mais as resoluções de novo ano e as pessoas já não desejam apenas saúde e bem-estar. Segundo uma investigação realizada pela Kaspersky, quase metade das pessoas na Europa decidiram fazer mudanças impactantes nos seus hábitos digitais para este ano.

As resoluções digitais consistem nas promessas de mudança dos hábitos online e da sua proteção da privacidade para este ano, uma vez que as pessoas passam cada vez mais do seu tempo a navegar na internet. Segundo dados recolhidos pela Kaspersky, 46% dos europeus prometem mudar do seu estilo de vida digital neste novo ano que agora começa. Um dos dados retirados deste estudo, que se relevou surpreendente, é que a grande maioria das pessoas que fizeram uma resolução digital para 2023 (76%) cumpriu-a.

A Equipa Global de Investigação e Análise (GReAT) da Kaspersky revelou uma vulnerabilidade de hardware anteriormente desconhecida nos iPhones, fundamental para a campanha da Operação Triangulação.

A equipa do GReAT descobriu uma vulnerabilidade do sistema da Apple que desempenhou um papel crítico nos mais recentes ataques realizados no âmbito da campanha “Operação Triangulação”, uma ameaça avançada persistente (APT) que tem como alvo os dispositivos Apple e que foi descoberta no início deste verão pela Kaspersky. Esta vulnerabilidade permite aos atacantes contornar a proteção de memória em iPhones com versões do iOS 16.6 ou inferiores.

Pág. 2 de 28
Top