Por muito tempo, houve uma divisão clara entre os elementos de uma casa: os itens funcionais, que utilizamos no dia-a-dia, e os itens decorativos, cujo único intuito é aprimorar a estética dos ambientes. Com a pandemia, que tornou as tecnologias mais presentes em nosso lar e mudou muitos conceitos de decoração, os próprios equipamentos eletrônicos puderam se tornar parte do planejamento de design de interiores dos lares.

Um dos principais objetivos de uma decoração bem-feita é tornar o ambiente mais aconchegante para aqueles que o habitam. Sendo assim, o planejamento do local que utilizamos como home-office é importantíssimo para melhorar a sensação de bem-estar durante o trabalho e o estudo em casa. Isso fez crescer a procura por equipamentos que possuem o design melhor trabalhado, especialmente os computadores. Na mesma tendência, os eletrônicos coloridos também estiveram em boa situação.

O caso mais emblemático da mistura entre tecnologia e decoração veio através de um novo modelo de televisor lançado neste ano. O aparelho pode "se camuflar" na parede e se tornar um quadro, simulando até mesmo a textura das obras de arte. É uma das provas de que, no futuro, a tendência é que as funcionalidades fiquem cada vez mais intrínsecas à aparência dos equipamentos.

Os itens para a constituição de uma casa inteligente também mostram a força que a tecnologia está tendo na decoração de interiores. Os aparelhos de iluminação smart podem alterar completamente o clima de um ambiente em poucos toques na tela do celular.

Outro exemplo está nos inúmeros acessórios gamers que são sucesso de vendas. As luzes em tons RGB fazem desses equipamentos a escolha perfeita de decoração para os fãs de tecnologia.

E não foi apenas a decoração que passou por esse processo. Até a arquitetura e a engenharia civil estão sofrendo transformações graças às novas tecnologias. Na Holanda, já há quem habite casas feitas em impressoras 3D. Como essa é uma maneira mais barata e fácil de construir uma casa, é possível que vejamos mais casos parecidos no futuro, o que, de acordo com Christine van Velthoven, especialista em decoração do portal holandês SweetestHome, pode alterar também o interior das residências: "O material com o qual a casa é construída é levado em consideração como fator primordial na criação de um projeto para o interior, pois todos os aspectos devem estar interligados para a realização de um conceito único que expresse o estilo dos moradores".

Então, não se assuste se daqui para frente você passar a ver muito mais ligações entre os produtos da seção de tecnologia e os da seção de decoração. Em breve, tudo ficará ainda mais ligado.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 205 vezes

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Apoiamos

Gled Agra X Streamer @ Facebook

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top