A empresa russa Kaspersky convidou um grupo de jornalistas portugueses a viajar até Madrid ( e onde a Wintech esteve integrada) para, conjuntamente com os jornalistas espanhóis, acompanharem o anuncio do lançamento da versão 2020 dos seus produtos de segurança.

De acordo com a informação avançada pela empresa, a nova versão 2020 tem como principais novidades as melhorias na deteção de exploits de rede como é caso do EternalBlue (recurso usado pelo ransomware WannaCry) e do SMBloris. Além disto, a Kaspersky, introduziu melhorias no suporte para deteção de ferramentas de acesso remoto (RATs), no entanto, apesar de muitas delas sejam usadas de forma legal, podem também ser usadas por criminosos para a realização de diversas atividades. Nos produtos 2020 da Kaspersky, a proteção contra este tipo de ferramenta esta ativada por defeito.

A Kaspersky também melhorou o seu sistema que previne a exploração de falhas de segurança em alguns mais populares softwares usados em computadores, como é o caso das suites de produtividade da Microsoft, o Office. Outra das novidades é a introdução de um sistema de verificação de malware em ficheiros descarregados a partir da plataforma OneDrive da Microsoft, uma ferramenta particularmente útil no Windows 10, visto que é um serviço de armazenamento que vem integrado no próprio sistema operativo.

A imagem pode conter: 1 pessoa

A destacar ainda que as novas versões dos softwares de segurança da Kaspersky vem com um sistema de encriptação integrado aquando da comunicação entre os produtos e os servidores da empresa russa.

O download do software, nas suas versões experiemntais (por 30 dias) pode ser feito a partir do site da empresa russa em www.kaspersky.pt.

content/en-global/images/b2c/product-screenshot/screen-KIS-01.png

Kaspersky Security Cloud é também atualizado

A Kaspersky anunciou também a atualização do Kaspersky Security Cloud (KSC) - serviço que protege vários dispositivos e disponibiliza diversas ferramentas de controlo e segurança através de uma única conta. O novo KSC reduz o risco de violação da privacidade dos utilizadores, alertando-os para as autorizações solicitadas por apps em dispositivos Android (como contactos, localização, câmara, etc.). E mais: notifica-os sobre tentativas de phishing escondidas em links encurtados de acesso a websites.

Segundo o relatório The true value of digital privacy: are consumers selling themselves short? , elaborado pela Kaspersky, é cada vez mais comum que os utilizadores protejam a sua privacidade digital através da verificação das configurações das apps que têm instaladas nos dispositivos. De facto, mais de um terço (35%) segue, regularmente, esta prática.

Contudo, nem sempre é fácil para o utilizador-comum distinguir os riscos de privacidade que se encontram escondidos nas permissões das aplicações. Com o objetivo de simplificar aos utilizadores o controlo dos seus dados pessoais, bem como de poupar-lhes tempo na gestão das configurações, a nova ferramenta da Kaspersky Security Cloud permite fazer uma gestão mais rápida das autorizações enviadas pelos aplicativos Android, através de um único local. A versão mais avançada do KSC não só identifica permissões que sejam potencialmente perigosas, como explica quais os riscos associados às permissões mais comuns.

Mas há outros perigos. O novo KSC também inclui uma funcionalidade avançada de anti-phishing, aplicável aos URL cujo links são encurtados com o objetivo de aumentar o número de visitas e interações com os websites. Mais funcionais, estes links melhoram os serviços de vendas e Marketing, mas também acarretam novos riscos, uma vez que o utilizador não consegue confirmar o domínio do URL antes de clicar na hiperligação. Conscientes deste facto estão os hackers, que têm aumentado a utilização de links encurtados para propagar spam e phishing. A mais valia do novo serviço da KSC é que envia alertas aos utilizadores quando deteta uma hiperligação de phishing e assegura que os websites e links aos quais este acede são seguros.

“Hoje em dia, para os utilizadores modernos, já não basta garantir a segurança dos seus dispositivos. Com hackers cada vez mais interessados em obter informações pessoais sobre indivíduos em específico – sejam dados financeiros ou um histórico de pesquisa – também é fundamental assegurar a proteção dos dados. O Kaspersky Security Cloud foi atualizado para garantir aos utilizadores maior controlo sobre as suas informações pessoais, seja qual for o dispositivo”, comenta Marina Titova, Diretora de Marketing de Produto para Consumidor na Kaspersky.

Estão disponíveis três edições do Kaspersky Security Cloud: Free (versão alargada do Kaspersky Free que, para além do Windows, agora também suporta dispositivos móveis, garantindo uma proteção personalizada), Personal e Family. Cada uma destas edições inclui diferentes aplicações, ferramentas e tecnologias. Os subscritores do KCS podem instalar o produto num computador ou Mac e em dispositivos móveis, sendo que durante o período de assinatura, receberão informação gratuita sobre as novas funcionalidades e atualizações.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 552 vezes
Tagged em

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top