A Microsoft lançou, como prometido, a nova suite de produtividade da Windows, o Office 2016. Os programas já conhecidos vêm com novos recursos e aplicações, com o objetivo de aumentar o índice de produtividade das empresas, dos colaboradores e do consumidor familiar. A Wintech conta-lhe com é o Office 365 renovado.  

 

A novidade é um conjunto de aplicações do Office 2016, focadas na mobilidade e produtividade do trabalho das empresas e dos seus colaboradores. Estas foram as linhas gerais com que os responsáveis da Microsoft apresentaram o novo produto à imprensa, perante uma plateia atenta de jornalistas e amantes da tecnologia. E porque a tecnologia deixa uma marca cada vez mais indelével em casa e no emprego, a pensar no trabalho de quem trabalha em equipa, o novo Office inclui novas versões do Word, PowerPoint, Excel, Outlook, OneNote, Project, Visio e Access.  

 

 

Trabalhar à distância e ao mesmo tempo…

 

O recente Office e o Windows 10 pretendem ser a melhor solução de produtividade para quem trabalha, em qualquer lado, a qualquer altura e em qualquer aparelho. A apresentação fez uma demo multiplataforma com a edição de um documento Word sobre o mercado dos Media em Portugal. Ficou provado que a coedição de um documento é agora uma realidade, disponível em tempo real, assim como enviar mensagens no Skype integrado, partilhar o ecrã e exibir vídeos em documentos Word, PowerPoint e OneNote. A vantagem é ainda o armazenamento na Cloud, especialmente útil para trabalhar no tablet em andamento, e a capacidade de enviar, pelo Outlook, ficheiros de qualquer tamanho.

 

É que além de providenciar uma vasta gama de novos recursos nos programas mais utilizados pelos utilizadores, o Office 2016 também permite uma portabilidade mais eficaz. Disso é exemplo o Continuum, que transforma o smartphone num computador, e a irresistível Cortana, capaz de fazer o que lhe for pedido, como a preparação de reuniões e sugestão de documentos importantes com base em tópicos de email (a integração com o Outlook será lançada em novembro). No ambiente do mais recentes Windows 10 podem também criar-se pequenas histórias “interativas e partilháveis, visualizadas de forma impecável em qualquer ecrã”.

 

{gallery.start}{gallery.end}

 

… com mais rapidez e inteligência.

 

O Office 2016 ainda está longe de fazer o trabalho todo, mas promete dar uma grande ajuda simplificando o número de cliques necessários para fazer uma tarefa. Como a troca de emails é voraz em qualquer empresa e deixa os nervos em franja, o Outlook do ano que vem vai trazer “a caixa de correio mais inteligente de sempre”. As funções de pesquisa são “à velocidade da luz” e a remoção automática de correio de baixa prioridade vai estar ativada. O melhor é que todos os destinatários no campo de envio têm acesso aos documentos através de anexos modernos e baseados na Cloud.

 

Outras funcionalidades, tão simples e decisivas para a economia do tempo e número de cliques, permitem localizar o comando certo do Office – chama-se o “Onde Está?” – e depois ainda existe a “Pesquisa Inteligente”, um fluxo de informação retirada diretamente da Internet através de uma seleção de palavras contextualizadas… para que o termo “Impala”, referindo-se à editora de revistas cor-de-rosa, não se confunda com o modelo de uma marca de automóveis ou com o animal da savana. Por fim, uma lista dos últimos trabalhos desenvolvidos permite retomar o ritmo rapidamente, quer seja no Office Online, no telemóvel ou no ambiente de trabalho.

 

O Office em números

 

A Microsoft Portugal adiantou, na conferência de imprensa, que o Office 365 tem registado “elevados índices de crescimento desde o seu lançamento e as expetativas são otimistas para o mercado português”. Isto quer dizer que, para até ao final do ano, a marca projeta um crescimento de 65% do Office 365, tanto no segmento empresarial – com 3 mil e 500 empresas clientes –, como no setor de consumo, com mais de 60 mil subscritores ativos. Contas feitas, para o ano que vem a Microsoft projeta um aumento de vendas na ordem dos 50%.

 

 

 

Requisitos e disponibilidade

 

As novas aplicações do Office 2016 estão disponíveis em 40 idiomas e requerem o Windows 7 ou versão posterior. A partir do dia 22 de setembro, os subscritores do Office 365 podem optar por transferir as novas aplicações do Office 2016 ao abrigo da sua subscrição, sendo que as atualizações automáticas começarão a ser distribuídas aos subscritores no próximo mês. O Office 2016 encontra-se igualmente disponível a partir de hoje, como compra única, para PCs e Macs, por 69,99€.

 

Classifique este item
(0 votos)
Ler 2601 vezes Modificado em Set. 23, 2015

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top