A Microsoft anuncia que o Copilot for Security estará disponível em todo o mundo a 1 de abril. Esta, que é a primeira solução de Inteligência Artificial (IA) generativa para o setor, foi projetada para reforçar as competências dos profissionais de segurança e de TI das organizações e ajudar a identificar, responder e agir mais rapidamente a ciberameaças. O Copilot é informado por dados de grande escala e inteligência de ameaças, incluindo mais de 78 biliões de sinais de segurança processados pela Microsoft todos os dias, juntamente com grandes modelos de linguagem (LLMs) para fornecer insights personalizados.

Caraterísticas que, de acordo com o segundo estudo do Microsoft Copilot Security, permitem aos profissionais de segurança serem mais rápidos (22%) e mais precisos (7%) quando utilizam o Copilot, sendo que 97% afirma que quer utilizar o Copilot na próxima vez que tiver de fazer a mesma tarefa. “Os resultados demonstram que todos – em todos os níveis de experiência e tipos de especialização – podem obter ganhos em segurança com o Copilot. Quando colocamos o Copilot nas mãos das equipas de segurança, podemos ultrapassar barreiras e melhorar a experiência de trabalho para todos”, refere Vasu Jakkal, Corporate Vice President, Security, Compliance, Identity, and Management da Microsoft.

Disponibilidade global e ecossistema alargado

A disponibilidade geral significa que o Copilot for Security estará disponível em todo o mundo a 1 de abril. O Copilot pode processar prompts e responder em oito idiomas com uma interface multilingue para 25 idiomas diferentes, o que o torna acessível para todas as principais regiões geográficas da América do Norte e do Sul, Europa e Ásia.

O Copilot desenvolveu um amplo ecossistema global de mais de 100 parceiros, composto por fornecedores de serviços de segurança geridos e fornecedores de software independentes. “Estamos muito agradecidos aos nossos parceiros, que continuam a desempenhar um papel vital na capacitação de todos para adotarem com confiança uma IA segura e responsável”, refere Vasu Jakkal.

Novas funcionalidades do Copilot for Security

O Microsoft Copilot for Security, que ajuda os profissionais de segurança e de TI a aperfeiçoar as suas competências, a colaborar de forma mais eficaz, a identificar e a responder mais rapidamente, inclui agora novas funcionalidades:

  • Promptbooks personalizados permitem que os clientes criem e guardem as suas próprias séries de prompts em linguagem natural para workstreams e tarefas de segurança comuns.
  • Integrações da Knowledgebase, em preview, que permitem integrar o Copilot for Security na lógica dos negócios e realizar atividades com base nos próprios guias passo-a-passo.
  • Suporte multilingue permite agora que o Copilot processe prompts e responda em 8 idiomas com uma interface multilingue para 25 idiomas diferentes.
  • Inclusões de terceiros de parceiros globais que estão a desenvolver ativamente integrações e serviços.
  • Ligação à superfície de ataque externa a partir do Defender EASM para identificar e analisar as informações atualizadas sobre os riscos da superfície de ataque externa da organização.
  • Registos de auditoria e de diagnóstico do Microsoft Entra fornecem insights adicionais para uma investigação de segurança ou análise de problemas de TI dos registos de auditoria relacionados com um utilizador ou evento específico, resumidos em linguagem natural.
  • Relatórios de utilização fornecem insights do dashboard sobre a forma como as equipas utilizam o Copilot, para que seja possível identificar ainda mais oportunidades de otimização.

A Microsoft está também a lançar um modelo de licenciamento de pagamento conforme a utilização que torna o Copilot for Security acessível a um maior número de organizações do que qualquer outra solução no mercado. Com este modelo de preços flexível e com base na utilização, as organizações podem escalar a sua utilização e custos de acordo com as suas necessidades e orçamento.

Segurança impulsionada por IA para todos

O Copilot for Security estará disponível num portal independente imersivo ou incorporado em produtos de segurança existentes. No caso desta última, a integração com os produtos de segurança da Microsoft tornará ainda mais fácil para os profissionais de TI e de segurança tirar partido dos ganhos de velocidade e precisão demonstrados no estudo.

Por sua vez, a plataforma unificada de operações de segurança, que será lançada em breve, oferece uma experiência Copilot incorporada no portal do Defender para SIEM e XDR que irá alertar os utilizadores à medida que investigam e respondem às ameaças. O Copilot apresenta automaticamente detalhes relevantes para resumos, impulsiona a eficiência com uma recomendação de resposta, capacita analistas a todos os níveis com NL para KQL e análise de scripts/ficheiros e inclui agora a funcionalidade de avaliar riscos com a mais recente inteligência de ameaças da Microsoft.

O Copilot na investigação de risco do utilizador do Microsoft Entra, agora em preview, ajuda a evitar o comprometimento da identidade e a responder rapidamente às ameaças. Esta experiência incorporada no Microsoft Entra fornece um resumo em linguagem natural dos indicadores de risco do utilizador e orientações personalizadas para resolver o risco. O Copilot também recomenda formas de automatizar a prevenção e a resolução de futuros ataques à identidade, como, por exemplo, com uma política de acesso restrita recomendada do Microsoft Entra, para aumentar a postura de segurança e reduzir ao mínimo as chamadas para o Help Desk. Saiba mais aqui.

Para ajudar os administradores de segurança e compliance de dados a priorizar e abordar alertas críticos com maior facilidade, o Copilot no Microsoft Purview disponibiliza agora resumos concisos de alertas, insights integrados e suporte em linguagem natural nos seus workflows de investigação.  

O Copilot no Intune, agora em preview, irá apoiar os profissionais de TI e os analistas de segurança a tomar decisões mais bem informadas para a gestão de endpoints. O Copilot no Intune pode simplificar a determinação da causa com o contexto completo do dispositivo, a análise de códigos de erro e as comparações de configuração do dispositivo. Esta solução torna possível detetar e corrigir problemas antes que se tornem realmente problemas.

Investigar, proteger e gerir a utilização da IA

À medida que mais serviços de IA generativa são lançados no mercado para todas as funções de negócios, é crucial reconhecer que, além de novas oportunidades, também introduz novos desafios e riscos. Com isto em mente, a Microsoft está a disponibilizar aos clientes uma maior visibilidade, proteção e governação sobre as suas aplicações de IA, quer estejam a utilizar o Microsoft Copilot ou aplicações de IA generativas de terceiros.  Para ajudar as organizações a proteger e governar o uso da IA, a Microsoft está a disponibilizar as seguintes experiências no seu portfólio de produtos:

  • As equipas de segurança podem descobrir potenciais riscos associados à utilização da IA, tais como fugas de dados sensíveis e utilizadores que acedem a aplicações de alto risco.
  • As equipas de segurança e de TI podem proteger as aplicações de IA em utilização e os dados sensíveis que estão a ser analisados ou gerados por elas, incluindo os prompts e as respostas.
  • As equipas de segurança podem controlar a utilização de aplicações de IA, retendo e registando interações com aplicações de IA, detetando quaisquer violações de políticas regulamentares ou organizacionais ao utilizar essas aplicações e investigar quaisquer novos incidentes.

No Ignite, a Microsoft apresentou a primeira série de funcionalidades para ajudar a proteger e controlar o uso de IA. Agora, estão a anunciar as novas deteções de ameaças do Copilot para Microsoft 365 no Defender para Cloud Apps. Esta funcionalidade, juntamente com os controlos de segurança e compliance de dados no Microsoft Purview, reforça a segurança do Copilot para que as organizações possam trabalhar em todos os tipos de dados, sejam sensíveis ou não, de forma segura e responsável.

Para mais informações sobre o Copilot for Security, consulte aqui.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 340 vezes
Top