A IBM anunciou esta semana novos serviços e soluções suportados num alargado ecossistema de parceiros para ajudar as empresas e as operadoras de telecomunicações a acelerar a sua transição para o edge computing na era do 5G. Este esforço combina a experiência e o conhecimento da IBM em ambientes multicloud com a tecnologia líder de open source da Red Hat, que se tornou parte da IBM no ano passado, numa das maiores aquisições de todos os tempos da indústria.

Para organizações em todo o mundo, a implementação de redes de telecomunicações wireless 5G, que trazem alta velocidade, latência extremamente baixa e atrasos mínimos de transmissão de dados móveis, foi projetada para acelerar as vantagens do edge computing. Com novos serviços edge, com soluções de open source multicloud e com os parceiros de negócio da IBM, as empresas poderão aproveitar o potencial do 5G para suportar atividades críticas como a resposta a emergências, cirurgia robótica ou recursos de segurança de veículos conectados que beneficiam da latência de poucos milissegundos por ser necessário enviar workloads para uma cloud centralizada.

"No ambiente incerto de hoje, os nossos clientes procuram diferenciar-se criando experiências de utilizador mais inovadoras, adaptáveis ​​e continuamente disponíveis - desde o data center até ao edge", disse Denis Kennelly, General Manager de IBM Hybrid Cloud. “A IBM está a ajudar os clientes a utilizarem todo o potencial do edge computing e do 5G com ofertas híbridas multicloud que incluem o Red Hat OpenShift e a nossa experiência no setor para responder às necessidades empresariais de uma maneira única no mercado”.

As novas ofertas da IBM têm por base o Red Hat OpenShift, a principal plataforma empresarial de Kubernetes que funciona em qualquer lugar - do data center a múltiplas clouds públicas até ao edge. Estas permitem que as empresas superem a complexidade da gestão dos workloads num grande volume de dispositivos de diferentes fornecedores, além de proporcionarem às operadoras de telecomunicações a agilidade necessária para disponibilizarem rapidamente serviços preparados para o edge computing aos seus clientes. Agora, empresas de todos os setores podem aproveitar plenamente os benefícios do edge computing, incluindo utilizar Inteligência Artificial e analítica de dados no edge para obter insights mais próximos de onde o trabalho é realizado. As novas soluções incluem:

·        IBM Edge Application Manager – uma solução de gestão autónoma projetada para permitir que workloads empresariais de IA, analítica e IoT sejam implementadas e geridas remotamente, oferecendo análises em tempo real e insights em escala. A solução permite a gestão de até 10.000 edge nodes em simultâneo por um único administrador. É a primeira solução a ser desenvolvida por um projeto inovador de código aberto, o Open Horizon, desenvolvido por engenheiros da IBM para permitir que uma única pessoa faça a gestão com segurança de uma rede tão vasta de dispositivos edge.

·        IBM Telco Network Cloud Manager – uma nova solução que corre em Red Hat OpenShift, para fornecer recursos de automação inteligente para orquestrar funções de rede virtual e de container em minutos. Os fornecedores de serviços terão a capacidade de gerir workloads em Red Hat OpenShift e Red Hat OpenStack Platform, o que ajudará as operadoras de telecomunicações a modernizar as suas redes para terem uma maior agilidade e eficiência, além de fornecer novos serviços hoje e à medida que aumente a adoção do 5G.

·        Um portefólio de aplicações e serviços edge-enabled, incluindo IBM Visual Insights, IBM Maximo Production Optimization, IBM Connected Manufacturing, IBM Asset Optimization, IBM Maximo Worker Insights e IBM Visual Inspector. Todos dispõem de recursos para oferecer aos clientes a flexibilidade de implementar IA e aplicações e serviços cognitivos em grande escala.

·         Novas equipas de IBM Services dedicadas ao edge computing e redes de cloud de telecomunicações que utilizam a experiência da IBM para ajudar os clientes a disponibilizar soluções de edge e 5G em todos os setores.

Paralelamente, a IBM está a anunciar o IBM Edge Ecosystem, através do qual um conjunto cada vez mais alargado de ISVs, GSIs, entre outros, ajudará as empresas a aproveitarem as oportunidades de edge computing com uma variedade de soluções baseadas em tecnologia IBM.

A IBM também está a criar o IBM Telco Network Cloud Ecosystem, reunindo um conjunto de parceiros de todo o setor das telecomunicações que oferecem uma variedade de funcionalidades de rede que ajudam os fornecedores a implementar as suas plataformas de cloud.

Estes ecossistemas incluem como membros a Cisco, Dell Technologies, Juniper, Intel, NVIDIA, Samsung, Packet & Equinix, Hazelcast, Sysdig, Turbonomic, Portworx, Humio, Indra Minsait, Eurotech, Arrow Electronics, ADLINK, Acromove, Geniatech, SmartCone, CloudHedge, Altiostar, Metaswitch, F5 Networks e ADVA.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 767 vezes
Tagged em

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Apoiamos

Gled Agra X Streamer @ Facebook

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top