Altice celebra três anos de presença em Portugal - Wintech

A Altice Labs, ativo chave na capacidade de inovação e no desenvolvimento de serviços, produtos e soluções da Altice Portugal, está de parabéns, ao assinalar o seu 3.º Aniversário. A Altice Labs, o centro de inovação, investigação e desenvolvimento do Grupo Altice, é, desde sempre, parte ativa do Ecossistema de Inovação do nosso país. Trabalhando em parceria com universidades, instituições de I&D, parceiros, fornecedores e clientes, envolve-se continuamente em projetos colaborativos de investigação, desenvolvimento e inovação numa estratégia sustentada de liderança tecnológica. Nos últimos 9 anos foram financiados 5 milhões de euros em projetos de I&D com universidades portuguesas na vertente de exploração tecnológica. São, em média, 550 mil euros por ano que possibilitam a criação de conhecimento e dão a alunos de mestrado e doutoramento a possibilidade de antecipar tendências na tecnologia futura ao serviço da sociedade. Alguns destes financiamentos deram origem a startups que hoje estão no mercado de alta tecnologia e são parceiras da Altice.

Na sede da Altice Labs, em Aveiro, quartel-general de inovação, o momento foi celebrado pela revelação de projetos de destaque nacional e internacional e que vão marcar o futuro da inovação. A partir de Aveiro, a Altice Labs promove investigação, desenvolvimento, inovação e exportação de tecnologia de última geração, desenvolvendo continuamente projetos colaborativos de investigação, sustentados em recursos humanos de excelência que têm merecido as melhores cotações de parceiros e clientes. São mais de 700 os profissionais altamente qualificados que investigam e desenvolvem soluções avançadas de Telecomunicações e Sistemas de Informação.

Dando seguimento à sua estratégia de descentralização dos laboratórios da Altice Labs em Portugal, através da criação de polos de inovação em diversas regiões do país que, no fundo, são uma extensão da própria Altice Labs e que posicionam estas regiões como alavanca de atração de talento, saber e exportação de inovação, a Altice Portugal está a levar a cabo um movimento de descentralização: extravasando a presença em Aveiro, levando estes laboratórios a Viseu, Ribeira Brava, na Região Autónoma da Madeira, e Algarve. Prova disso, e dando resposta a um dos seus vetores estratégicos, a proximidade ao Território, a Altice Labs anuncia agora a abertura de um novo polo, desta vez na área metropolitana de lisboa. Nesta fase estão a ser analisadas várias propostas no sentido de garantir que a escolha será a que mais sinergias garantirá à investigação, inovação e empreendedorismo nacionais.

Para Alcino Lavrador, Diretor-Geral da Altice Labs, este novo polo «faz parte da estratégia de ligação aos ecossistemas locais de inovação em todas as regiões do país, permitindo que, através da Altice Labs, sejam abertos canais para acesso ao mercado Altice primeiro e a outras geografias já trabalhadas pela Altice Labs. Estes polos funcionam também como laboratórios de prototipagem rápida onde ideias de produto são rapidamente testadas num ambiente controlado mas com ligação ao mercado real.»

O investimento em inovação e investigação tem sido uma prioridade estratégica da Altice Portugal. Prova disso mesmo são os números recentemente divulgados pela Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC) que, anualmente, faz um retrato dos principais resultados estatísticos sobre recursos humanos e financeiros afetos a atividades de Investigação e Desenvolvimento (I&D), onde se inclui o ranking das “Empresas com mais despesa em Atividades de I&D em Portugal”. A Altice Portugal é o Grupo que mais investe em Investigação, Desenvolvimento e Inovação em Portugal, num total de 86 milhões de euros em atividades ligadas à inovação, também liderando no que diz respeito aos recursos humanos alocados à inovação, tendo um esforço anual de mais de 700 pessoas dedicadas em exclusivo ao I&D e Inovação.

Também o Altice International Innovation Award é reflexo da aposta do Grupo em inovação. Depois do sucesso das duas primeiras edições, foi também apresentada a 3ª edição do Prémio. Lançado pela Altice Portugal em 2017, o Altice International Innovation Award dirige-se a Startups e à Academia e promove a inovação e o talento tecnológicos em três áreas fundamentais para a empresa e para a economia nacional: Telecom, Media & Content e Data & Advertising. Com um valor monetário de 75 mil euros, o maior alguma vez atribuído em Portugal na área da inovação, a final desta terceira edição será disputada no mês de outubro em França.

Altice Labs, um dos maiores exportadores de inovação nacional para os quatro cantos do mundo

Exemplo da estratégia da Altice Portugal de promover o país e os seus recursos é a parceria entre a Altice Labs e a Amorim Cork Composites, unidade de negócio da Corticeira Amorim. Fruto do trabalho entre as duas entidades, a Altice Portugal apresenta um router com ambições claramente ecológicas que promove um dos maiores produtos nacionais: a cortiça. O primeiro protótipo do router terá uma estrutura onde a percentagem de cortiça é cerca de 50%, reduzindo assim a componente de plástico a metade, o que, só por si, constitui uma redução substancial da sua pegada ecológica. Os materiais compósitos com cortiça são compounds obtidos por extrusão de materiais poliméricos com cortiça e outros aditivos. Neste processo, a adição da cortiça terá o benefício de reduzir a densidade do material final, melhorar a performance acústica e térmica e sobretudo tornar o material mais sustentável, fruto da redução da pegada de carbono. A cortiça é carbon negative e tem aqui um papel importante. A nível de design, os materiais produzidos são mais naturais à vista que um similar em 100% plástico. A ACC está a desenvolver uma gama de materiais para diversos tipos de aplicações, desde estruturais, como o caso, até decorativas ou sensoriais, como pegas e punhos.

Para Alexandre Fonseca, Presidente Executivo da Altice Portugal, “as duas entidades continuam a procurar modos de aumentar a percentagem de cortiça, tirando partido das suas características nomeadamente a capacidade de dissipação de calor, isolamento sonoro e a maior resistência ao choque. A sustentabilidade é uma preocupação e prioridade para a Altice Portugal, fazendo parte da cultura e ADN. No que diz respeito à proteção ambiental, a nossa estratégia é de continuar a apostar na diminuição do consumo de materiais, na eficiência energética e na gestão adequada dos resíduos. Utilizamos a inovação para tornar o sistema de gestão das cidades mais inteligentes na gestão dos seus recursos, com vantagens para a qualidade de vida das pessoas e do ambiente, desenvolvendo uma economia sustentável. Já no que diz respeito ao nosso core business, a Altice Portugal utiliza os seus conhecimentos em tecnologia e inovação para criar, desenvolver e implementar soluções únicas que contribuem para o desenvolvimento e afirmação das empresas portuguesas e para o bem-estar dos cidadãos, tendo por base uma visão sustentável e integrada, ao mesmo tempo que cria uma cultura baseada em critérios éticos, ambientais e sociais, integrando os mesmos nos processos de gestão e de tomada de decisão.“

O objetivo da Altice Portugal é ainda fazer com que este inovador Router passe a ser uma peça de design, pelo que será lançado o convite a alguns designers nacionais para desenharem edições limitadas da mesma que serão disponibilizadas aos clientes que o desejarem. A Altice Portugal quer levar esta visão ainda mais longe e estender o desafio a alunos dos cursos de arte e design do ensino superior em Portugal, para que possa existir, no mercado, um router com a sua assinatura. A Altice Labs desenvolve routers que exporta não só para o Grupo Altice em França, Estados Unidos, Israel e Republica Dominicana, mas para todos os seus clientes em diversas partes do mundo. Em Setembro de 2017, lançou o primeiro router de fibra ótica (Fiber gateway) com a norma 802.11 ac e com 4 antenas de receção e 4 de emissão capaz de um débito de 2,16Gbps na banda dos 5GHz, e prepara-se para apresentar novidades neste domínio brevemente.

Ao longo de três anos, a Altice Labs tem vindo a levar inovação made in Portugal a todo o mundo, em 35 países e a tocar mais de 250 milhões de pessoas, sendo hoje uma referência no mercado global, com produtos e soluções nos quatro continentes. Mais de 700 profissionais altamente qualificados fazem parte deste centro de inovação da Altice, em Aveiro, e trabalham na investigação e desenvolvimento de soluções avançadas de Telecomunicações e Sistemas de Informação. De recordar ainda que a Altice Labs foi reconhecida como a Melhor Empresa do Ano 2018 e a Melhor Empresa no Mercado de Tecnologia, Media e Telecomunicações, no âmbito da 29.ª edição das 500 Maiores e Melhores Empresas, uma iniciativa da Exame, Informa D&B e Deloitte.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 221 vezes
Tagged em

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top