A nível mundial, o meio preferencial para a distribuição de desinformação sobre a COVID-19 foi o WhatsApp, seguido do Facebook e do Twitter, com a imprensa online e o Instagram a fecharem o top-5, acontecendo o mesmo no caso de Portugal.

Destaque para o Telegram que passou a ter também um papel fundamental na distribuição da desinformação, através da criação de canais e grupos com milhares de utilizadores (menor impacto na sua capacidade de produção). Já o Instagram, devido ao tipo de conteúdo criado e divulgado, começa a afirmar-se como um agente importante na criação de conteúdo. Esta aposta também se deve à dificuldade dos algoritmos na deteção de desinformação em formato de conteúdo multimédia.

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Apoiamos

Gled Agra X Streamer @ Facebook

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top