A S21sec, a maior empresa Pure Player de serviços de cibersegurança da Península Ibérica, e um dos maiores grupos de managed services da Europa, elaborou uma lista onde enumera os riscos concretos associados aos ambientes de serviços na cloud: um conjunto de ameaças que deve ser tido em conta no momento de considerar a estratégia.

“As tecnologias cloud proporcionam sem dúvida muitos benefícios às empresas de hoje, seja em termos de investimento como no que se refere à sua manutenção”, afirma Jorge Hurtado, vice-presidente de Serviços Geridos da S21sec. “Não obstante, falamos de ambientes sempre disponíveis e ‘abertos’, como tal suscetíveis de serem atacados em qualquer momento e a que não se pode deixar de somar também um conjunto de riscos associados ao seu próprio ecossistema”.

A S21sec, a maior empresa Pure Player de serviços de cibersegurança da região ibérica, anuncia o início de uma nova etapa empresarial que reflete os resultados da fusão realizada em 2018 entre a S21sec e a Nextel. A empresa apresenta uma nova identidade corporativa e um renovado portfólio de serviços que aglutina a oferta de ambas as empresas, propondo ao mercado uma especialização de 360º em cibersegurança.

A nova S21sec, que após a fusão passou a contar com mais de 400 profissionais, posiciona-se como a maior empresa especializada em segurança da região ibérica e uma das mais importantes da Europa. “Agora somos uma das poucas empresas especializadas em serviços de segurança capazes de responder a todas as necessidades de cibersegurança das empresas de hoje”, destaca Agustin Muñoz-Grandes, CEO da S21sec.

A S21sec, empresa líder em serviços e tecnologia de cibersegurança, alerta para o elevado e crescente risco de ciberameaças para os utilizadores devido ao maior volume de compras e transações que acontecem durante esta época de eventos, com destaque para a Back Friday e Cyber Monday.

Segundo o estudo divulgado pela Associação da Economia Digital (ACEPI), o valor das compras online feitas pelos portugueses foi de 1,7 mil milhões de euros em 2009, tendo aumentado para 4,6 mil milhões em 2017 e, segundo o relatório, deverá crescer para os 8,9 mil milhões até 2025. Um crescimento no comércio eletrónico que se traduz também numa maior necessidade de atenção aos eventuais perigos por parte dos utilizadores.

A S21sec, empresa líder em serviços e tecnologia de cibersegurança, pertencente ao grupo português Sonae IM, acaba de lançar um alerta sobre o malware LoJax, que tem a capacidade de sobreviver à reinstalação do sistema operativo e à subsequente substituição do disco rígido, características que o tornam especialmente perigoso para empresas e instituições que não têm proteção contra este tipo de ataques. 

A S21sec, empresa especializada em tecnologia de serviços e cibersegurança, confirma a concretização das principais previsões em cibersegurança apresentadas no seu relatório anual de Cyber Predictions e reforça aquelas que serão as principais tendências até ao final do ano.

A Sonae Investment Management (Sonae IM) anunciou ontem que chegou a acordo para juntar as operações da Nextel e da S21Sec, com o objetivo de reforçar a posição da sua unidade de cibersergurança na Ibéria e América Latina, bem como de dar um passo decisivo na criação de um líder europeu de cibersegurança.

A S21sec, empresa líder em serviços e tecnologia de cibersegurança, acaba de realizar um estudo onde dá a conhecer as características de um novo malware de tipo bancário direcionado a telemóveis com sistema operativo Android.

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top