A Red Hat, principal fornecedora mundial de soluções open source, anunciou hoje que se juntou ao OS-Climate (OS-C), um projeto de código aberto apoiado pela Linux Foundation que pretende construir a tecnologia de ponta e as plataformas de dados necessárias para integrar plenamente os impactos das mudanças climáticas na tomada de decisões financeiras globais.

A Siemens, a IBM e a Red Hat anunciaram uma nova colaboração que usará uma cloud híbrida para fornecer uma solução aberta, flexível e mais segura para a indústria gerando valor em tempo real a partir de dados operacionais. No espaço de um mês, uma única fábrica pode gerar mais de 2.200 terabytes de dados de acordo com um relatório da IBM - mas a maioria dos dados não é analisada.

Através desta iniciativa conjunta, a Siemens Digital Industries Software aplicará a abordagem de cloud híbrida aberta da IBM, assente no Red Hat OpenShift, para estender a flexibilidade de implantação do MindSphere à sector da IoT industrial. Esta integração permitirá aos clientes executar o MindSphere localmente, liberando velocidade e agilidade nas operações de fábrica, bem como por meio da cloud para suporte de produto, atualizações e conectividade.

A IBM anunciou esta semana novos serviços e soluções suportados num alargado ecossistema de parceiros para ajudar as empresas e as operadoras de telecomunicações a acelerar a sua transição para o edge computing na era do 5G. Este esforço combina a experiência e o conhecimento da IBM em ambientes multicloud com a tecnologia líder de open source da Red Hat, que se tornou parte da IBM no ano passado, numa das maiores aquisições de todos os tempos da indústria.

Para organizações em todo o mundo, a implementação de redes de telecomunicações wireless 5G, que trazem alta velocidade, latência extremamente baixa e atrasos mínimos de transmissão de dados móveis, foi projetada para acelerar as vantagens do edge computing. Com novos serviços edge, com soluções de open source multicloud e com os parceiros de negócio da IBM, as empresas poderão aproveitar o potencial do 5G para suportar atividades críticas como a resposta a emergências, cirurgia robótica ou recursos de segurança de veículos conectados que beneficiam da latência de poucos milissegundos por ser necessário enviar workloads para uma cloud centralizada.

A IBM acaba de anunciar que pretende adquirir a Red Hat, líder mundial de tecnologia de código aberto, por aproximadamente 34 mil milhões de dólares.

Trata-se da maior aquisição de sempre por parte da IBM e a maior aquisição do ano de 2018 no setor das Tecnologias de Informação - este acordo representa um momento marcante para ambas as empresas e é um passo em frente da IBM na aposta nas áreas de grande valor, na transformação do portefólio da Companhia e no seu posicionamento como líder nesta era emergente da Inteligência Artificial e da cloud.

A Red Hat, empresa líder mundial de soluções open source empresariais, e a Alibaba Cloud, a extensão cloud do Alibaba Group, anunciaram que irão unir esforços para levar o poder e a flexibilidade das soluções open source da Red Hat aos clientes da Alibaba Cloud em todo o mundo.

A Alibaba Cloud faz agora parte do Red Hat Certified Cloud and Service Provider Program, juntando-se a um grupo de líderes da indústria tecnológica que oferecem soluções validadas e testadas pela Red Hat que alargam a funcionalidade do vasto portfólio de soluções cloud open source da Red Hat. A parceria aumenta o alcance das ofertas Red Hat entre as principais clouds públicas do globo, fornecendo um destino escalável para a computação cloud e reiterando o compromisso da Red Hat em proporcionar maior escolha na cloud.

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Apoiamos

Gled Agra X Streamer @ Facebook

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top