A Microsoft e a Universidade do Algarve (UAlg) assinaram um protocolo de colaboração, no dia 25 de junho, que resulta na criação de um curso de Inteligência Artificial para Executivos. Esta formação pretende criar bases para que executivos e gestores possam definir estratégias, implementar práticas e avaliar resultados de investimentos relacionados com a Inteligência Artificial (IA).

O programa realiza-se no âmbito da AI Business School, uma iniciativa global da Microsoft com o INSEAD, que pretende apresentar o estado da arte e capacitar os executivos de uma forma prática e acionável, ajudando-os a construir uma estratégia de Inteligência Artificial para a sua organização, incluindo questões culturais e de responsabilidade da empresa.

O Windows sempre existiu para ser um palco para a inovação mundial. Tem sido a espinha dorsal dos negócios a nível global e onde algumas startups se tornaram em nomes familiares. A web nasceu e cresceu no Windows. Foi o local onde muitos de nós escrevemos o nosso primeiro e-mail, jogámos o nosso primeiro jogo de PC e escrevemos a nossa primeira linha de código. O Windows é o lugar onde as pessoas vão para criar, para se conectarem, para aprenderem e para alcançarem - uma plataforma da qual, atualmente, mais de mil milhões de pessoas dependem.

A Microsoft acredita que o trabalho híbrido é o futuro. Hoje, a Microsoft revela novas funcionalidades no Microsoft Teams e Microsoft Viva, projetadas para capacitar o trabalho híbrido. A pandemia criou uma nova urgência para repensar o futuro do trabalho e as inovações apresentadas hoje têm como objetivo melhorar as experiências de reunião híbridas para todas as pessoas.

A Check Point Research (CPR), área de Threat Intelligence da  Check Point® Software Technologies Ltd., fornecedor líder global de soluções de cibersegurança, identificou quatro vulnerabilidades de segurança visando produtos do Microsoft Office, incluindo o Excel e o Office Online. Se exploradas com sucesso, garantiriam ao atacante a capacidade de executar código em dispositivos alvo através de documentos maliciosos, como Word (.DOCX), Excel (.EXE) e Outlook (.EML). As vulnerabilidades resultam de erros de análise no código antigo encontrados no Excel95, o que leva os investigadores a acreditar que as falhas de segurança existem há vários anos.

Neste último ano, os professores recorreram à ajuda da tecnologia na aprendizagem remota e híbrida. Para continuar a apoiar professores e alunos a criar um ambiente de aprendizagem holístico e elevar a Educação, a Microsoft apresenta novas funcionalidades no Microsoft Teams que respondem às necessidades referidas por professores, educadores e alunos.

De acordo com um estudo recente YouGov Teacher, comissionado pela Microsoft, 83% dos professores sente que a aprendizagem não está limitada por uma hora e local específicos, 71% dos professores sente que a tecnologia ajudou a capacitá-los em formas que melhoram o ensino e as suas capacidades e 82% dos professores considera que o último ano acelerou o ritmo no qual a tecnologia impulsionou a inovação no ensino e na aprendizagem.

A partir de hoje, o Surface Laptop 4 já se encontra disponível para venda em Portugal, na Microsoft Store, lojas de retalho especializadas e nos revendedores do segmento profissional, a um preço inicial de 1 149€ para modelos de 13,5 polegadas e 1 499€ para modelos de 15 polegadas.

O novo Surface Laptop 4 vem preparado para potenciar toda a experiência do ecossistema Microsoft. Mantém o seu design icónico e os detalhes que os consumidores apreciam num computador portátil versátil e leve que lhes permita trabalhar a partir de qualquer lugar. Disponível em versões de 13,5 ou 15 polegadas, ambos os modelos incluem os exclusivos displays touchscreen PixelSense 3:2 da Microsoft e uma autonomia até 19 horas (modelo 13,5’’) e até 17,5 horas (modelo 15’’). Quanto aos acabamentos, os consumidores podem escolher entre Alcantara ou alumínio nas cores Platina e Preto Mate.

A Microsoft acaba de anunciar as conclusões do Work Trend Pulse Report, um estudo de ondas cerebrais que procura compreender o impacto das reuniões consecutivas na saúde mental e bem-estar dos colaboradores. O anúncio acontece depois da Microsoft ter revelado as principais tendências de trabalho, um ano após a adoção do modelo de trabalho remoto.

Entre as principais conclusões do estudo destaca-se a importância das pausas, em particular num contexto pautado por reuniões consecutivas que se traduzem em maiores níveis de stress, pressão e cansaço e numa menor capacidade dos colaboradores em gerir o seu trabalho. Mas o estudo revela também que é possível reverter este cenário, capitalizando o potencial da tecnologia, criando pausas de forma mais automatizada e equilibrada.

A Repsol e a Microsoft renovaram o seu acordo de colaboração estratégica centrado no acelerar da transformação digital da empresa multienergética e a transição energética global. As duas empresas vão desenvolver, em conjunto, novas soluções digitais baseadas em inteligência artificial. Além disso, como parte desta aliança a longo prazo, a Repsol vai fornecer energia renovável à Microsoft para as suas operações na Europa. Assim, a Repsol ampliará o uso das soluções na nuvem da Microsoft para potenciar as suas operações, incluindo uma nova aposta na plataforma Azure.

Nas palavras do presidente executivo da Repsol, Josu Jon Imaz, “não há dúvida de que o alargar desta colaboração e o fornecimento de energia renovável reafirmam a visão que ambas as empresas partilham sobre sustentabilidade e sobre como a digitalização tem transformado o setor energético”.

A Microsoft anunciou esta semana quais os jogos a oferecer no próximo mês de fevereiro na conhecida iniciativa “Games With Gold”.  Assim, durante o próximo mês, os subscritores do Xbox Live Gold e Xbox Game Pass Ultimate poderão descarregar gratuitamente os jogos "Gears 5", "Resident Evil", "Dandara : Trials of Fear Edition", "Indiana Jones and the Emperor's Tomb" e "Lost Planet 2".

A SAP e a Microsoft Corp. anunciam os seus planos para integrar o Microsoft Teams no conjunto de soluções inteligentes da SAP. As duas empresas formalizam também uma ampliação da aliança estratégica, já existente, para acelerar a adoção de SAP S/4HANA® no Microsoft Azure. Este passo fundamenta-se num acordo conjunto de ambas as companhias para simplificarem e agilizarem o caminho dos clientes para a Cloud.

“As novas formas de trabalhar, colaborar e interagir transformaram por completo a forma como operamos”, explica Christian Klein, CEO da SAP e Membro do Conselho Executivo. “Ao integrarmos o Microsoft Teams em todo o nosso portfólio de soluções, levaremos a colaboração a uma nova dimensão, definindo em conjunto o futuro do trabalho e possibilitando empresas sem entropias. Esta nossa parceria com a Microsoft concentra-se no contínuo avanço do sucesso do cliente. É por isso que nos encontramos também a expandir a interoperabilidade com Azure”.

Pág. 2 de 14

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Apoiamos

Gled Agra X Streamer @ Facebook

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top