A nova versão da Kaspersky Security for Microsoft Office 365 ampliou a sua proteção ao trabalho colaborativo, ao incluir o SharePoint Online e permitir a partilha segura de ficheiros no Microsoft Teams. Anteriormente, a proteção para o Exchange Online e OneDrive já estava disponível. Esta solução não só continuará a proteger os utilizadores de e-mails de phishing maliciosos, como garantirá que apenas ficheiros “limpos” e fidedignos podem aceder ao SharePoint Online. Com o objetivo de ajudar as empresas a garantirem a segurança das suas equipas e dispositivos durante o pico de trabalho remoto, a Kaspersky estendeu a versão de teste gratuita deste produto para seis meses.

A Kaspersky acaba de anunciar às organizações médicas o acesso gratuito aos seus produtos de segurança informática, com o objetivo de reforçar a sua proteção contra ameaças de cibersegurança durante a pandemia Covid-19. A lista de produtos corporativos, disponíveis gratuitamente pelo período de seis meses, inclui o Kaspersky Endpoint Security Cloud Plus, o Kaspersky Security for Microsoft Office 365, o Kaspersky Endpoint Security for Business Advanced e o Kaspersky Hybrid Cloud Security.

A continuidade das operações e a proteção dos dados são aspetos críticos para as entidades de assistência médica. Mais ainda no atual contexto, em que os hospitais estão sob elevada pressão e precisam de mobilizar todos os seus recursos para prestarem o máximo de apoio e cuidados de saúde à população. Dito isto, é essencial garantir o normal funcionamento dos equipamentos médicos, de forma a que a informação esteja sempre disponível para os profissionais de saúde, bem como assegurar que os dados sensíveis dos pacientes estão protegidos, permanecendo confidenciais.

Os especialistas da Kaspersky descobriram duas novas modificações de malware no Android que, quando combinadas, podem roubar cookies guardados pelo navegador e aplicações de sites de redes sociais, como o Facebook. Desta forma, os hackers podem obter discretamente o controlo da conta da vítima, de modo a enviar conteúdos mal-intencionados.

Os cookies são pequenos fragmentos de dados guardados por sites, de modo a seguir a atividade dos utilizadores online, com o objetivo de criar experiências personalizadas no futuro. Embora muitas vezes sejam vistos como algo inofensivo, nas mãos erradas podem representar um risco à segurança.

Trojans de publicidade em dispositivos móveis e stalkerware são duas das ameaças que mais cresceram em 2019, comprometendo os dados pessoais de cada vez mais utilizadores de smartphones. O primeiro registou um aumento de dois dígitos no que respeita ao número de pacotes de instalação detetados, enquanto o segundo impactou duas vezes mais vítimas que em 2018, pelo menos. São estas algumas das conclusões do relatório anual “Mobile Malware Evolution” realizado pela Kaspersky.

Nos últimos anos, em que têm crescido as preocupações sobre a privacidade digital – o que já levou a um aumento da regulamentação nesta área – tendemos a esquecermo-nos da “parte mobile” da questão, isto é, das ameaças que afetam especificamente dispositivos móveis. Contudo, no atual mundo hiperconectado em que vivemos, os utilizadores estão cada vez mais ligados ao online, seja através das apps de email, redes sociais ou chats de conversação, o que veio transformar os telemóveis em dispositivos que transportam e armazenam os nossos dados pessoais para todo o lado. Desta forma, já não se estranha que os hackers procurem explorar este veículo para distribuir malware.

O popular Burning Man – festival que acontece todos os anos no deserto de Nevada, em Black Rock City, e que durante uma semana celebra a arte através de exposições, música, performances artísticas e enormes instalações – vai disponibilizar a venda oficial de bilhetes apenas no dia 26 de fevereiro. Contudo, os especialistas da Kaspersky detetaram um website de phishing dedicado ao Burning Man que está a vender entradas falsas desde o final do mês de janeiro, por apenas 225 dólares (cerca de 208 euros) – um valor que é duas vezes inferior ao preço mais barato dos bilhetes do festival, oficialmente disponíveis.

A celebração dos Óscares gera um grande interesse pelos filmes nomeados – e agora que já são conhecidos os vencedores, mais ainda pelos que foram galardoados – não só junto dos fãs de cinema, como também junto dos hackers. Com o objetivo de perceber como é que eles tiram partido da efeméride dos Óscares, os especialistas da Kaspersky analisaram a prevalência deste tipo de fraudes, detetando mais de 20 websites de phishing e um total de 925 ficheiros maliciosos disfarçados nos filmes nomeados deste ano. Neste sentido, a Kaspersky realça a importância da prevenção, para que os espetadores possam disfrutar ao máximo dos êxitos do grande ecrã sem caírem em armadilhas de malware e phishing.

As tecnologias de deteção da Kaspersky encontraram ficheiros maliciosos disfarçados de documentos relacionados com o coronavírus – uma doença viral que afeta os pulmões e que tem sido manchete nos meios de comunicação devido ao perigo que representa. Estes ficheiros maliciosos, recentemente descobertos, estavam mascarados em ficheiros PDF, mp4 e docx, e tinham uma designação que indicava que continham instruções em vídeo sobre formas de proteção e deteção do vírus, bem como as últimas atualizações sobre o tema, que é real.

Os especialistas da Kaspersky detetaram um novo esquema de fraude online desenhado para enganar os utilizadores, com o pretexto de obterem uma indemnização pela fuga dos seus dados pessoais. Para realizar estes esquemas, os hackers solicitam aos utilizadores a aquisição de “números provisórios de segurança social” americanos, com o custo de aproximadamente 9 dólares cada um. Rússia, Argélia, Egito e Emirados Árabes Unidos estão entre os países vítimas deste esquema.

A privacidade e a proteção de dados estão entre os temas mais abordados ao longo dos últimos anos. Estes temas não são uma novidade, nem as sanções impostas a muitas empresas que sofreram fugas de dados. Este, tal como outro tema que suscite atenção, tem atraído muitos hackers que anseiam ganhar dinheiro à custa das suas vítimas.

O Kaspersky License Management Portal (LMP) é um novo portal “self-service” para parceiros de canal (MSPs) e revendedores que os ajuda a otimizar os pedidos, a gestão e os relatórios de licenças da Kaspersky. Este portal também permite um plano de pagamento “pay-as-you-go” em subscrições mensais para que os parceiros possam proporcionar aos seus clientes serviços mais ágeis. O LMP está disponível através do Kaspersky United Partner Portal, permitindo aos parceiros aceder a todas as ferramentas necessárias num só local. 

A gestão de serviços é uma das tendências para o mercado de IT, que tem vindo a evoluir ano após ano e tendo quase duplicado o seu crescimento de 48.000 empresas globais de MSP em 2016 para  74.000 em 2021, de acordo com a avaliação feita pela Ami Partners. Com a competição a aumentar, os fornecedores de serviços sentem necessidade de uma maior automatização para simplificar e acelerar as operações nas vendas e a gestão de subscrições. O Kaspersky Licence Management Portal oferece aos MSPs e revendedores uma única plataforma para solicitar e gerir todas as suas subscrições da Kaspersky, a partir de um só local.

As tecnologias automatizadas de deteção de Kaspersky descobriram uma vulnerabilidade desconhecida (“zero-day”) no Windows. O exploit permitiu aos hackers obter privilégios no computador infetado e burlar mecanismos de proteção do motor de busca Google Chrome. O exploit recém-descoberto foi utilizado numa operação maliciosa avançada designada WizardOpium.

As vulnerabilidades “zero-day” são erros desconhecidos num software que, quando identificados em primeiro lugar por hackers, lhes permitem atuar inadvertidamente e sem serem detetados, durante muito tempo, causando danos graves e inesperados. As soluções de segurança comuns não identificam a infeção do sistema, nem conseguem proteger os utilizadores de uma ameaça que ainda não foi reconhecida.

Pág. 1 de 16

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top