O Opera é um browser alternativo pequeno, rápido e leve, que suporta HTML 4.0, Javascript 1.3, SSL 3, XML, WML, CSS2 alguns plug-ins do Netscape, navegação pelo teclado e auxílio a deficientes (pode usar apenas uma tecla) e muito mais.

Também tem cliente de e-mail, gestor de downloads com suporte para continuar downloads perdidos, leitor de newsgroups, leitor de notícias RSS, cliente para IRC, gestor de contactos, gestor de passwords, área para anotações.

Suporta skins, sistema de procura integrado (Google, Alltheweb, Lycos, etc.), bloqueador de pop-ups, preenchimento automático de formulários e sistema de navegação por gestos com o rato. Além de também poder ficar escondido no system tray, inclui ainda um gestor de torrents.

  Download : Opera Browser 9.23
HomePage : Opera
Licença : Freeware | Sistemas Sup.: Windows

 Tal como seria de esperar e que têm sido habito nos últimos anos, a versão Beta do terceiro Service Pack para o Windows XP já circula na internet.

Semeado através de ficheiros torrents depressa se "espalhou" e neste momento já são inumeros os serviços de alojamento de ficheiros que possuem nos seus servidores o ficheiro executável de quase quatrocentos megas (mais concretamente 339.6 MB).

A build apresentada é a 3180 e que corresponde à que surgiu nos inumeros screenshots que recentemente circularam na internet e que a WinTech também publicou.

 IE7pro é uma aplicação (gratuita) que permite adicionar algumas funcionalidades extras ao Internet Explorer 7 da Microsoft. Para além das inumeras vantagens em instalar este "add-on" para o IE7 destaca-se uma optimização no funcionamento do rato na interface do browser, personalização de forma a tornar o browser mais funcional e flexivel.

 Download : IE7Pro 1.0.0.8
 HomePage : IE7Pro
 Licença : Freeware | Sistemas Sup.: Windows

 Não ha duas sem três, depois da Dell e da Acer chega a vez da Lenovo colocar no mercado computadores com sistema operativo Linux.

A Lenovo anunciou onte, que vai iniciar a comercialização de computadores com sistema operativo pré-instalado Linux, substituindo assim o Windows, da Microsoft.

Este lançamento terá inicio em Setembro e vai estar disponivel tanto para os clientes empresariais como para os clientes domésticos.
 A especulação em torno dos próximos service packs tem sido muita nos últimos tempos, contudo existe agora algumas informações que revelam de que os dois services packs (um para o Windows Vista e outro para o Windows XP) estão em fases muito adiantadas e foram mesmo disponibilizadas as versões Beta ao um grupo restrito de Beta-Testers.

O Windows XP Service Pack 3 apresenta um ficheiro com cerca de 350 MB e possui mais de 900 actualizações que foram entretanto lançadas (Via Windows Update) após o lançamento do Service Pack 2 do Windows XP.
 Segundo revelou a HP, as impressoras Laser da empresa não oferecem quaisquer riscos para a saude dos seus utilizadores.

Na passada semana um estudo feito por uma Universidade da Austrália revelou que doze das impressoras Laser da HP eram mais perigosas para a saude do que o tabaco.

Na base da teoria está o facto das impressoras laser lançarem pequenas particulas para o ar e que por sua vez são "respiradas" pelos utilizadores de forma involuntária.

A HP revela que este estudo está numa fase muito inicial e que deverá ser esperado mais tempo para se conseguir tirar conclusões mais concretas e fundamentadas...
 O ReadyBoost é uma tecnologia que permite usar a memoria de uma pen drive como uma memória cache permitindo assim o aumento de desempenho do sistema e que faz parte do Windows Vista.

Apesar de existir um "sistema " que permite "compatibilizar" todas as Pen Drives com esta tecnologia, as velocidades podem, contudo, não ser as melhores.

Mas se por ventura pretende investir numa Pen Drive que tire partido "nativo" desta nova tecnologia e não quer arriscar a comprar uma que não possua este suporte pode utilizar o site que apresentamos para o descobrir.
 Quando em Março deste ano ficou decidido pelo tribunal Norte-Americano de que a Microsoft teria de pagar uma indeminização à Alcatel-Lucent pelo uso de patentes de musica digital no valor de 1.530 milhões de Euros, a Microsoft desde logo mostrou o seu descontentamento com a decisão e recorreu.

Agora um juiz federal americano revogou a sentença que obrigava a Microsoft a pagar a "tal" indeminização. Segundo revelou o juiz o Windows Media Player não violava uma das patentes e foi ainda mais longe revelando que a Microsoft já tinha pago 16 milhões de dólares pelo uso da tecnologia patenteada pela Alcatel-Lucent e da Fraunhofer Gesselschaft

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico. Saiba mais.

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top