Google+
Especial
Obter para Microsoft
catid=126
Escrito por Tiago Fernandes a 15 Dez. 2016

Nos próximos anos, em Dezembro, a Disney e a Lucas Films, vão continuar a presentear os mais fieis seguidores da saga Star Wars, quer com a continuação desta (já longa) saga quer com a criação de historias independentes.

 

Este ano tivemos a primeira história independente com «Rogue One - Uma História Star Wars», onde Galen Erso (Mads Mikkelsen o famoso vilão de 007- Casino Royale) cientista brilhante foi recrutado (de contra vontade) pelo comandante Orson Krennic (Bem Mendelsohn um actor não muito conhecido, mas que desempenha um papel extraordinário e que em breve teremos também o prazer de ver em Robin Hood como Sheriff de Nottingham) para construir a famosa Estrela da Morte tendo mesmo sido, nesta história, a deixar tudo para trás, inclusive a sua própria família.

 

 

Bem Mendelsohn como comandante Orson Krennic

 

 A história ocorre anos mais tarde quando Jin Erso (Felicity Jones, de filmes como “A Teoria de Tudo” para o qual teve uma nomeação para o Óscar de melhor actriz) filha do cientista é recrutada pelos rebeldes para contactar o incontactável Saw Gerrera (Forest Whitaker de filmes com”Bom dia Vietname” e “O ultimo rei da Escócia”), pois tem em seu poder um piloto que tem informações cruciais sobre Galen Erso e como obter os planos para destruir a Estrela da Morte.  Nesta missão para a qual foi recrutada, Jin Erso é enviada com um android que tem o nome de código K-2SO (Alan Tudyk que é mais conhecido pelo Irobot sendo também ele o robot) com uma personalidade extremamente vincada devido a uma reformatação feita pelos rebeldes e com o capitão Cassian Andor (Diego Luna de filmes como “Elysium” e “Milk”) rebelde com um único objectivo assassinar Galen Erso para assim evitar a finalização da arma destruidora do império.

 

Felicity Jones é a actriz que interpreta Jin Erso

 

Pelo caminho apanham Chirrut Îmwe(Donnie Yen de Blade 2 e IpMan), um fiel seguidor da religião Jedi e o seu companheiro Baze Malbusn (Wen Jiang do filme “Guerreiros do Céu e da Terra”), suposto desertor Clone Trooper. Todos os fiéis seguidores Star Wars sabemos como acaba, mas como conseguiram, só agora o vamos saber. Sem dúvida um filme extremamente bem conseguido por parte do realizador Garreth Edwards (Realizador de “Godzilla”), temos o prazer de sentir novamente a nostalgia da triologia original e rever algumas das personagens secundárias da mesma e ver os fatos e naves desgastadas pelo tempo tal como tanto foi pedido e criticado pela trilogia recente Episódios 1, 2 e 3 não tinham seguido. Acredito que para alguns dos fieis seguidores vão ter o prazer de sentir  os antigos sons e rever novamente as X-Wing e que Darth Vader é sem duvida um dos maiores vilões da sétima arte!

 

Spencer Wilding dá o físico e James Earl Jones volta novamente a dar a voz a Darth Vader

 

Sem duvida um dos melhores filmes do ano que vale a pena ver no cinema. A pontuação no IMDB é de 8.3 que numa opinião pessoal merece mais, pois os desempenhos, quer dos actores como da realização em si, estão a um nível muito alto. Para finalizar, resta referir que o filme está desde hoje, dia 15 de Dezembro, em todas as salas nacionais tendo existido, em algumas salas, sessões especiais no dia 14 como é o caso da cadeia  CinemaCity e dos Cinemas NOS. Sem dúvida, um filme obrigatório de ser visto neste Natal.

 

Da esquerda para a direita Bodhi Rock (Riz Ahmed), Capitão Cassian Andor(Diego Luna), Jyn Erso (Felicity Jones), Baze Malbus (Wen Jiang), Chirrut Îmwe(Donnie Yen)

 

 Classificação IMDB [8.3/10]

Sobre o autor
Tiago Fernandes
Author: Tiago Fernandes
Um cinéfilo por excelência, sou um adepto ferrenho das novas tecnologias. Nas horas vagas ando às voltas nos PC's a resolver avarias.

Comentários

comments powered by Disqus
Newsletter
Newsletter
Usamos cookies para lhe dar a melhor experiência online. Ao usar o nosso website, está a concordar com o uso dos nossos cookies em concordância com a nossa política de privacidade. Saiba mais aqui.