Google+
Especial
Obter para Microsoft
catid=126
Escrito por Tiago Fernandes a 11 Dez. 2016

No seguimento de “Batman VS Superman: A Origem da Justiça”, chega-nos “Esquadrão Suicida” que conta a história após os confrontos entre Batman e Super-Homem. Super-Homem morreu e isso faz com que Amanda Waller (Viola Davis de filmes como “As serviçais”) tente encontrar uma solução para um novo problema, uma nova forma de crime impossível de combater por pessoas normais.

 

O objectivo dela será reunir os mais letais e menos desejados do mundo, criminosos que ninguém quer reconhecer como úteis na sociedade e ao mesmo tempo descartáveis em caso de problemas. Assim consegue reunir “os piores dos piores” Deadshot (Will Simth), Harley Quinn (Margot Robbie de filmes como “O lobo de Wall Street”), Killer Croc (Adewale Akinnuoye-Agbaje de filmes como Thor e G.I Joe) entre outros.

Will Smith com uma magnífica representação de Deadshot

 

O objectivo será, sempre que necessário intervir nas situações onde niguem quer intervir. Comandandos por Rick Flag (Joel Kinnaman de filmes como Robocop) terão de obedecer as suas ordens ou terão um castigo mortal. A história segue dois rumos, o de Joker (Jared Leto de filmes como O Senhor da guerra ou Dallas Buyers Club) que por todos os meios tenta salvar a sua amada Harley Quinn, e a de Enchantress (Cara Delevingne do filme Paper Towns), que é usada para recolher informação confidencial quando lhe é exigido. Este filme faz parte de uma serie de filmes que irão sair bem ao estilo da Marvel, mas infelizmente não estão a ter a resposta desejada por parte do grande público.

 

O actor Adewale Akinnuoye-Agbaje irreconhecível como Killer Croc e a actriz Margot Robbie como Harley Quinn

 

As expectativas eram demasiado altas devido ao elenco de grandes estrelas apresentadas e aos trailers lançados ao som da banda sonora dos Queens, Lil Wayne, Wiz Khalifa, e este é um dos pontos mais positivos do filme a juntar a representação de Will Smith. O realizador David Ayer que já nos trouxe sucesso como Fim de Turno ou Dia de Treino, deixou um pouco a desejar com este mesmo filme que foi dirigido e escrito por ele, falhando muito com a falta do tão aclamado Joker. O actor Jared Leto, foi o próprio a demonstrar esse descontentamento, pois diz que só com as filmagens feitas com a sua personagem daria para fazer um filme apenas sobre o Joker. No IMDB apresenta uma fraca cotação de 6,5. Devido a essas mesmas criticas foi lançada uma versão alargada ao estilo de Batman VS Superman para tentar agradar os mais desiludidos, ainda assim os 13 minutos de filmagens extras não foram o suficiente para agradar os fãs do Joker. Esta mesma versão está já disponível no Videoclube da NOS e MEO. 

 

 Classificação IMDB [6.5/10]

 

Sobre o autor
Tiago Fernandes
Author: Tiago Fernandes
Um cinéfilo por excelência, sou um adepto ferrenho das novas tecnologias. Nas horas vagas ando às voltas nos PC's a resolver avarias.

Comentários

comments powered by Disqus
Newsletter
Newsletter
Usamos cookies para lhe dar a melhor experiência online. Ao usar o nosso website, está a concordar com o uso dos nossos cookies em concordância com a nossa política de privacidade. Saiba mais aqui.