Google+
Especial
Obter para Microsoft
catid=122
Escrito por Luciano Patrão a 26 Jun. 2016

Neste artigo de hoje vamos fazer um complemento dum artigo nosso (Virtual Wintech : "ESXi: Como Criar e Configurar uma Maquina Virtual (VM) – Parte 2") quando criamos uma VM.

Nesse artigo não focamos muito na instalação em si do Sistema Operativo (SO), vamos por isso neste artigo passar mais em detalhe a instalação do SO na VM. No caso em concreto será o Windows 2012 (os passos são iguais para qualquer versão Windows).

 

Se não escolheram o Windows 2012 como Sistema Operativo que iam usar quando criaram a VM, devem agora escolher o SO nos “Settings” da VM.


Como foi referido no artigo, temos de fazer o upload da ISO do SO operativo que queremos instalar num datastore para estar disponível para usar na VM como boot.

Devemos incluir a ISO na nossa VM e ativar o CDROM Virtual (“Connect at power on”).


Já com o ISO no datastore e o adicionado à VM que queremos instalar o SO, vamos começar a nossa instalação escolhendo arrancar (boot) a VM pelo CDROM virtual.

 

O Boot ira arrancar automaticamente a instalação do SO.


Iniciamos a configuração inicial do Windows.

Inicialmente escolhemos o tipo de linguagem, fuso horário e teclado que vamos usar na nossa instalação e no futuro SO.


A opção seguinte é começar a instalação em si (clicar em Install Now).


De seguida dar-se-a o início à instalação do SO.


No seguinte quadro devemos escolher o tipo de SO que vamos instalar.

No Windows 2012 existe a opção de fazer a instalação dum simples Servidor Windows 2012 (Server with GUI) ou a instalação dum Server Core (para usarmos o nosso Windows 2012 como um Hypervisor Hyper-V e não precisamos do ambiente gráfico (GUI ) que é muito pesado).


Neste caso podemos instalar a versão Standard (a qual iremos instalar) ou a versão Datacenter.

 

Diferentes Versões


Windows Server 2012 Datacenter and Standard são tecnicamente idênticos. Não existem diferenças técnicas entre as duas versões.

 

A única diferença entre as duas versão é apenas nas licenças quando se usa Virtualização ( e o preço claro). Na versão Standard estão licenciadas até 2 Windows VMs (Microsoft Calls WS 2012). Na versão Datacenter para Windows VMs não existe limite de licenças (por isso que o seu valor da sua licença é enormíssimo). Mas as licenças incluídas na versão Datacenter, apenas são para ser usadas nas VMs que instalarmos nesse mesmo Hyper-V Datacenter. Ou seja, estão licenciadas todas as Windows 2012 VMs que conseguirmos instalar nesse Hyper-V.

 

A lista das diferentes versões do Windows 2012 pode ser encontrada aqui

 

 Nota: Depois de passarmos em vista as principais características do VMware e o ESXi vs vCenter, iremos ter igualmente alguns artigos sobre o Hyper-V.

 


A seguir iremos escolher que tipo de instalação iremos efetuar. Podemos fazer um upgrade, ou uma nova instalação. No nosso caso é uma nova instalação. Assim sendo, escolhemos “Custom”.

 

 

Como esta é uma nova VM e consequentemente discos novos, não temos nenhuma partição criada, nem os discos estão formatados. Assim sendo, no quadro seguinte escolher a opção “New”.


No seguinte quadro podemos escolher o tamanho da partição que iremos usar para a instalação do SO.

No caso em concreto iremos usar todo o espaço disponível para instalar o SO. Mas por exemplo se tiverem criado um disco com 100/200Gb, não faz sentido usar todo o espaço em disco para a instalação do SO. Pessoalmente nunca gostei de instalar o SO operativo na mesma partição que instalo as aplicações. Porque em caso de reinstalação do SO, não perdemos os dados que temos na segunda partição. Mas neste caso iremos criar uma partição com o total do disco (55GB).

 

A seguir o Windows ira criar a partição principal, bem como a partição que o Windows usa para os ficheiros de sistema (350MB).

 

Temos neste momento 2 partições. Para a instalação do SO temos de escolher a partição 2. Como referido, a partição 1 (System Reserved) é apenas usada pelo Windows.

 

 

Escolhemos a partição a instalar, e clicamos “Next” e iniciara a instalação do Windows 2012.


Quando a instalação finalizar, temos de escolher a password para o administrador.


Depois de finalizada a instalação, podemos entrar no Windows com o utilizador default (Administrator) e com a password escolhida no passo anterior.


Depois de tudo ok, temos o nosso Windows 2012 instalado.

 

Os passos seguintes será configurar e ajustar o nosso SO para ambiente Virtual (como por exemplo mudar a placa de rede para VMXNE3 e instalar o VMware Tools).

 Nota: No artigo Virtual Wintech : "ESXi: Como Criar e Configurar uma Maquina Virtual (VM) – Parte 2" falamos nos benefícios de usar Interfaces VMXNE3 e de instalar o VMware Tools.

 

No canto inferior direito clicar lado direito do rato e escolher a opção “Open  Network and Sharing Center”.


Escolher opção “Change adapter settings”.


Como podemos ver na imagem seguinte, temos apenas uma placa de rede default “Intel(r) 8257L…”, que funciona apenas a 1Gb.  Deveremos assim instalar o VMware Tools para podermos usar uma placa de rede VMXNET3 que funciona a 10GB.

 

Voltemos então ao nosso ESXi e na Maquina Virtual que instalamos o Windows 2012 clicar lado direito do rato e escolher a Opção “Guest – Install/Upgrade VMware Tools”.


Aceitar para instalar o “VMware Tools”.



Voltemos novamente ao Windows e abrir o Explorer. Devermos ver o pacote do “VMware Tools” já no CDROM Virtual e pronto a ser instalado.

 

Clica no CDROM e segue os passos para a sua instalação.





A nossa instalação será standard por isso escolhemos a opção Typical. A opção completa tem outro tipo de drivers (como para o vShield etc.) que não devem ser instalados se não os vamos usar.







 

Fazer um reboot do SO (VM) e o “VMware Tools” ficara instalado.

 

Depois de Sistema Operativo ter feito um reboot, voltar a logar-se no Windows com o utilizador “Administrator” e voltamos a entrar na opção “Open  Network and Sharing Center” e “Change adapter settings”.

Como se devem recordar, no artigo Virtual Wintech : "ESXi: Como Criar e Configurar uma Maquina Virtual (VM) – Parte 2" quando criamos a VM adicionamos 2 placas de rede (uma E100 e outra VMXNET3) . Depois de instalarmos o VMware Tools e todos os drivers necessários já estarem instados o Windows ira reconhecer a segunda placa de rede.

 

Como podemos ver na imagem seguinte, a placa de rede VMXNET3 funciona a 10GB.


Assim sendo deveremos remover a E100 do nosso sistema, e ficar apenas com a placa de rede VMXNEt3.

 Nota: Visto estarmos a remover, adicionar e a configurar placas de rede, os seguintes passos devem ser efetuado na VM Console (já referido no artigo Virtual Wintech : "ESXi: Como Criar e Configurar uma Maquina Virtual (VM) – Parte 2"). Visto que iremos perder acesso à VM por rede quando efetuamos estes passos.


Voltamos ao ESXi e as configurações (settings) da nossa VM.

Visto que não precisamos de 2 placas de rede nesta VM, iremos remover a placa de rede virtual que usa o E100.


Selecionamos a placa de rede que queremos eliminar (neste caso Network Adapter 1) e removemos as opções “Connected” e “Connect at power on”.

 

 Nota: Removendo estas opções, é como tivéssemos retirado o cabo de rede dum servidor físico.



Com as opções em cima desseleccionadas, iremos validar no Windows se a placa de rede esta desligada.

Como podemos validar na imagem em baixo, a placa de rede E100 já não se encontra ligada no SO.


Voltamos novamente as configurações da VM e vamos remover a placa.


 Nota:
O passo efetuado em cima não seria necessário se quiséssemos eliminar imediatamente a placa de rede. Podemos simplesmente passar ao passo seguinte. Apenas quis mostrar o que acontece quando se desliga as opções referidas em cima.



Como podemos validar no SO, a placa de rede foi igualmente removida automaticamente do SO quando eliminamos nas configurações da VM.

 Nota: Diversos dispositivos nas Maquinas Virtuais são hot-pluggable. Significa que podemos adicionar, remover dispositivos enquanto o SO e a VM estão a funcionar, sem ter a necessidade de fazer reboot ao SO.


A seguir devem escolher a rede que a VM ira utilizar e terão acesso novamente por rede à vossa VM por acesso remoto.


 Nota:
Configurações das redes no ESXi e VMs, será discutido no artigo ESXi: Como Criar e Configurar uma Maquina Virtual (VM) – Parte 3 (última parte).

Com esta ultima configuração finalizamos a instalação e configuração do Windows 2012 numa máquina virtual.


Tal como referido no artigo Virtual Wintech : "ESXi: Como Criar e Configurar uma Maquina Virtual (VM) – Parte 2" , próximo artigo será - ESXi: Como Criar e Configurar uma Maquina Virtual (VM) – Parte 3 (última parte).

Termino como sempre a informar que poderão utilizar o meu Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. para quaisquer duvidas, ou perguntas especificas que tenham sobre algo que se vai discutindo nos diversos artigos.

 Até lá, um abraço Virtual


Luciano Patrão

Sobre o autor
Luciano Patrão
Author: Luciano PatrãoWebsite: http://www.provirtualzone.com/
Estou no mundo do IT há cerca de 20 anos. Parte dele no ambiente Microsoft (Windows Server, Exchange Servers e/ou Active Directory). Nos últimos 7/8 anos dediquei-me mais ao ambiente Virtual onde me tornei um especialista (em Virtualização, Storage e Virtual Backups), sendo que ao longo deste tempo tenho estado em Projetos internacionais (Africa, diversos países da Europa e atualmente na Alemanha).

Comentários

comments powered by Disqus
Newsletter
Newsletter
Usamos cookies para lhe dar a melhor experiência online. Ao usar o nosso website, está a concordar com o uso dos nossos cookies em concordância com a nossa política de privacidade. Saiba mais aqui.