Google+
Gaming
Obter para Microsoft
catid=29
Escrito por João Fernandes a 19 Jun. 2017

Foi na passada semana que, na E3, a Microsoft revelou os grandes detalhes que envolvem a sua próxima consola, a tão ansiada Xbox One X.

Esta consola, que terá um preço de venda de 499 dólares, é a consola mais cara desta geração, em particular pelo poderoso hardware que inclui. Porém, Phil Spencer, responsável máximo pela divisão Xbox, em entrevista ao Business Insider, deixou antever que a empresa não parece muito preocupada com o lucro que a mesma possa gerar.

 

Numa das questões realizadas sobre se o preço da consola ia trazer algum retorno à empresa, Phil Spencer esquivou-se ao assunto dizendo que “não quero entrar na questão dos números, mas no geral deve-se pensar no hardware como uma parte do negócio das consolas, e não como a parte que gera o dinheiro. Isso consegue-se com a venda dos jogos".

A Microsoft tem vindo ao longo do tempo a afirmar que a Xbox One X é uma consola Premium e que será dirigida a um nicho de jogadores que procuram jogar em resoluções superiores e com um desempenho inigualável, pelo que se considera orgulhosa com o resultado obtido com a construção desta consola.

Esta não será, provavelmente, nem a primeira nem a ultima consola que, numa fase inicial, não trará lucros significativos à empresa, pois são recorrentes os relatos por parte da Sony, Nintendo e Microsoft, aquando do lançamento de novos produtos que não trazem retorno, como é o caso da PlayStation 3 e da Wii U…

Sobre o autor
João Fernandes
Author: João Fernandes
CEO da Wintech
Apaixonado pela tecnologia e tudo o que a rodeia, é o redator e responsável pelos conteúdos do site.

Comentários

comments powered by Disqus
Newsletter
Newsletter
Usamos cookies para lhe dar a melhor experiência online. Ao usar o nosso website, está a concordar com o uso dos nossos cookies em concordância com a nossa política de privacidade. Saiba mais aqui.