A Fujifilm apresentou recentemente em Portugal o lançamento da instax SQUARE SQ10, aquela que é a primeira câmara instantânea híbrida do mercado e que combina impressão analógica com óptica e edição digital.

A Wintech foi convidada pela Fuji a realizar um teste (de curta duração) no Oceanário de Lisboa onde teve a possibilidade de tirar algumas fotografias e assim perceber como se comporta este equipamento.

 

As câmaras Instax têm vindo a mostrar-se extremamente populares desde o seu lançamento inicial, em 1998. A preferência por estas câmaras por utilizadores de todo o mundo resultou já na comercialização de mais de 25 milhões de unidades. Graças a esta popularidade, a gama Instax tem liderado o mercado mundial da fotografia instantânea nos últimos anos. A Fujifilm encontra-se empenhada em disponibilizar novos produtos e serviços capazes de satisfazer as necessidades dos consumidores, ao introduzir avanços tecnológicos inovadores.

  

 HomePage : Fujifilm Instax SQ10

 

Características técnicas

Apesar de ser uma camara digital, desengane-se se pensa que esta é uma camara dotada de especificações mirabolantes, longe disso, pois esta nova Instax mantem os mesmos argumentos das gerações anteriores.

A SQ10 é a primeira câmara Instax equipada com o inovador “sistema híbrido instax”, que alia um sensor digital de imagem e tecnologia digital de processamento ao sistema Instax. Estas tecnologias conferem à câmara uma maior capacidade de tirar fotos mais nítidas em condições de luminosidade reduzida (por exemplo, em interiores e à noite) e fotos macro a distâncias de até 10 cm, através das novas funções introduzidas, tais como controlo automático da exposição, deteção de temas humanos e focagem automática.

Equipada com uma lente capaz de obter fotografias em resolução de 1920 por 1920 pixéis (ou seja, o equivalente a 4 MegaPixeis), 1/4-in de sensor CMOS com filtro de cor primário, uma lente 28.5 mm (formato equivalente a 35-mm) com uma abertura de um F2,4., sensibilidade ISO variável de 100 a 1600, possuindo um ecrã LCD de3” que permite visualizar a fotografia obtida antes de dar “ordem” de impressão.

 

 

Design e Experiência de utilização

O design desta maquina é em tudo semelhante aos formatos antecessores, apresentando-se com um formato “quadrado” onde sobressai a sua lente localizada bem ao centro da camara.

A SQ10 apresenta um design icónico e um formato elegante, arredondado e simétrico, para uma maior facilidade de manuseamento. Possui um sistema duplo de obturador, com dois botões – à esquerda e à direita, com bloqueio AE/AF. Esta característica não só permite a utilizadores esquerdinos premir o obturador com a mão dominante, como também possibilita a alteração do modo de captura de imagem. A câmara inclui um anel da lente em metal laminado e componentes em resina modificados, de forma a conferir ao sólido corpo da câmara, de cor preta, uma sensação de profundidade e um aspeto variado.

Na parte traseira está localizado o dial de controlo das funções de edição e impressão assim como o ecrã LCD que auxilia o utilizador para, por exemplo, aplicar o efeito desejado na fotografia. Esta junção possibilita ao utilizador uma melhoria na captura da imagem, que pode ser editada e processada antes de impressa, com um controlo maior e uma interface mais intuitivo, através de um ecrã LCD. Uma experiência fotográfica centrada na criatividade e design.

Na lateral está localizado o suporte ao cartão de memória microSD assim como a ligação ao computador. No lado oposto está localizado o compartimento da bateria.

Finalmente, mas não menos importante, está localizado bem no topo a ranhura para colocação a pelicula-filme assim como a “porta-de-saída” da impressora.

 

 

Com um menu intuitivo e de fácil utilização, a SQ10 possui três botões localizados sobre o comando de operação correspondem às principais funcionalidades da câmara – dez filtros diferentes, efeito vignette e ajuste de luminosidade. Os resultados de todas as operações, desde à captura da imagem à respetiva edição/processamento e impressão são apresentados no ecrã LCD. Este novo interface permite aos fotógrafos editar e processar as suas fotos, de forma fácil e intuitiva. Além disso, os fotógrafos poderão optar por selecionar e editar imagens (por exemplo, ampliar e proceder a cortes) antes da impressão, uma funcionalidade especialmente útil na partilha de fotos com um grupo de pessoas.

Existem dez filtros cor e saturação diferentes, o dramático efeito vignette, de gradação luminosa, que permite ajustar a intensidade luminosa na periferia da imagem, e o ajuste de luminosidade –constituem as três principais funções da SQ10 que oferecem aos utilizadores a possibilidade de adicionar uma componente artística às suas fotos. Os filtros constituem uma excelente ferramenta, permitindo aos utilizadores aumentar a saturação cromática ou conferir um aspeto retro ou vintage às fotografias.

De notar que a SQ10 inclui ainda uma série de modos especiais de captura de imagem, tais como a exposição dupla, que permite sobrepor duas imagens na mesma película, ao premir o obturador duas vezes, assim como a função de exposição da lâmpada, útil em fotografias noturnas e marcadores luminosos.

A SQ 10 possui uma focagem, de certa forma, rápida, no entanto esta rapidez é apenas visível e percetível quando estamos em locais mais iluminados, uma situacao que contrasta com a necessidade de termos de focar um objeto em condições de pouca luz.

 

 

Película e impressão

 

O formato quadrado é bastante apreciado pelos entusiastas da fotografia há quase um século, sendo considerado adequado à expressão artística. A “Película Instax SQUARE” apresenta um rácio de “1 para 1”, com dimensões de 62x62 mm, apresentando cada imagem de forma artística, quer o respetivo tema consista em indivíduos ou paisagem.


A grande vantagem desta nova Instax prende-se com o facto de podermos visualizar a fotografia antes de darmos ordem de impressão. Desta forma, caso seja necessário e caso a fotografia não tenha ficado “perfeita”, podemos sempre voltar a “apontar e disparar” para que consigamos tirar a fotografia desejada.

 

 

 


Caso tenhamos tirado a fotografia que pretendemos passar para o papel, podemos facilmente recorrer ao menu e dar ordem de impressão. De notar que podemos sempre ativar o modo automático para que cada fotografia tirada seja de imediato convertida para papel, no entanto consideramos que poderá ser mais vantajoso termos hipótese de escolher quando imprimir, pois, dessa forma evitamos de ser surpreendidos com uma imagem “mal tirada” e ao mesmo tempo com uma maior poupança no papel…

 

youtube.com/watch?v=7s9ZRmkT1rU

 

Autonomia

 

A bateria recarregável da SQ10 (que se carrega em cerca de 2 a 3 horas) permite capturar até 160 imagens com uma só carga.

Conclusão

No pouco tempo em que tivemos a SQ 10 na nossa posse, denotámos, apesar de ser um equipamento pesado (tendo em conta o que existe no mercado e no segmento de maquinas  fotográficas digitais de pequenas dimensões), este é um equipamento de fácil utilização, no entanto, o facto dos botões de obturação serem na frontal (e não num dos topos) tornou por vezes a missão de tirar uma fotografia um pouco mais complicada, sendo que, não poucas vezes, tivemos de proceder a algumas “manobras” de localização para que conseguíssemos tirar a foto. Uma das vantagens deste modelo passa pelo facto de podermos visualizar a fotografia previamente antes de darmos ordem de impressão sendo que, caso a fotografia não tenha ficado como desejado, podemos aproveitar e tirar nova foto em busca da imagem perfeita.

Apesar de possuir um menu de fácil utilização, a navegação por vezes em busca de determinado filtro ou opção é por vezes complicada, ou seja, até conseguirmos chegar a uma determinada opção, podemos demorar algum tempo (em particular se estivermos de procurar um filtro especifico).

Resumindo “e baralhando”, a Fuji Instax SQ10 é uma compra obrigatória por parte dos fãs da marca e deste conceito, no entanto consideramos que os quase 300 € de preço de venda recomendado poderá forçar os consumidores a procurarem outras opções, como por exemplo, as impressoras portáteis que podem ser “emparelhadas” e configuradas em conjunto com qualquer smartphone Android ou iOS.

 

Classifique este item
(1 Vote)
Ler 603 vezes Modificado em Ago. 06, 2017

Deixe um comentário

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico.

O nome Wintech surge com o objetivo de apresentar conteúdos relacionados com o Windows (Win) e também com tecnologia (tech).

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top