A Check Point® Software Technologies Ltd. , o maior fabricante mundial especializado em cibersegurança, anuncia a família de produtos CloudGuardTM, desenhada para proteger as empresas dos ciberataques de quinta geração (Gen V) que afetam as aplicações e infraestruturas cloud. A empresa também apresenta o CloudGuard SaaS, uma solução que defende as organizações das ameaças de Software-as-a-Service. O CloudGuard faz parte da arquitetura Check Point Infinity, baseada em tecnologias testadas e premiadas pela indústria para proporcionar uma proteção integral Gen V para a cloud.

A adoção da cloud pelas empresas está a acelerar, uma vez que lhes permite melhorar a sua eficiência com infraestruturas híbridas, como Amazon Web Services, Microsoft Azure, VMWare NSX e migrar a aplicações baseadas em cloud, como Microsoft Office365, Google G-Suite e Box. No entanto, também há um aumento nos ataques multi-vectoriais contra as workloads e as aplicações em instalações virtuais, assim como um aumento nos sequestros de contas. De acordo com uma investigação da Check Point, metade de todas as falhas de segurança em aplicações SaaS empresariais é resultado do roubo de credenciais.

"A segurança é continuamente citada como uma barreira à adoção da cloud empresarial” explica Gil Shwed, CEO da Check Point. “A nossa nova família de produtos CloudGuard proporciona uma prevenção de ameaças integral para as aplicações SaaS e para as workloads baseadas na cloud".

CloudGuard SaaS é um conjunto pioneiro de tecnologias desenhadas para proporcionar segurança avançada e prevenção de ameaças para aplicações SaaS (Software-as-a-Service). Também previne o sequestro de contas, utilizando a tecnologia ID-Guard pendente de patente.

As principais características de segurança incluem:

 

  • Proteção contra ameaças de dia zero: evita que as APTs e o malware desconhecido de dia zero infetem o conteúdo das aplicações SaaS, através do uso de sandboxing em tempo real, proteção anti-ransomware, tecnologias anti-bot e inteligência de ameaças integrada baseada na cloud em tempo real;
  • Identity Protection com tecnología ID-Guard (patente em trâmite): identifica e bloqueia os cibercriminosos ou burlões que tentam aceder às contas SaaS, e impede a passagem a utilizadores não autorizados e a dispositivos comprometidos;
  • Proteção de dados: força automaticamente a encriptação de dados sensíveis e bloqueia e põe em quarentena o uso partilhado e não autorizado de ficheiros confidenciais.

 

“Depois da migração da nossa organização para o Office365 e OneDrive, procurámos uma solução integral de cibersegurança para nos protegermos, e decidimos utilizar Check Point CloudGuard", afirma Amir Shay, responsável de segurança do Grupo Neopharm. "Desde a sua implementação, o CloudGuard SaaS já bloqueou numerosos ataques contra as nossas aplicações, incluindo roubos de contas, phishing e ataques de ransomware".

CloudGuard IaaS

Antes vSEC e agora membro da família CloudGuard, o CloudGuard IaaS proporciona segurança avançada de quinta geração (Gen V) e prevenção de ameaças em infraestruturas e workloads para todas as principais plataformas cloud públicas e privadas, entre elas Amazon Web Services, Google Cloud Platform, Microsoft Azure, Cisco ACI, OpenStack, VMware NSX, VMware Cloud em AWS, VMware ESX, Alibaba Cloud, KVM, Hyper-V e muito mais.

Doug Cahill, diretor do grupo e analista sénior de cibersegurança da consultora de mercado Enterprise Strategy Group, afirma que "com a adoção dos serviços e aplicações cloud ao mais alto nível, a segurança é claramente uma das principais preocupações da maioria das empresas. À medida que as empresas avaliam as soluções de segurança cloud disponíveis, devem procurar ofertas como a família de soluções de segurança CloudGuard da Check Point, que não só proporcionam proteção avançada contra ameaças, como também mantêm seguras as aplicações, a infraestrutura e os dados na cloud".

Os ciberataques de Gen V definem-se como ataques de grande escala e muito rápidos que afetam as redes móveis, a cloud e as instalações on-premise. Evitam facilmente as defesas convencionais baseadas na deteção estática, que a maioria das organizações ainda usa hoje. Com a propriedade partilhada dos ativos na cloud entre o fornecedor cloud e o utilizador final, muitas vezes não é claro quem é o responsável pela segurança, e gera-se uma confusão adicional. O CloudGuard é a única família completa do sector de soluções de proteção cloud centrada na prevenção avançada de ameaças e em manter as aplicações empresariais, a infraestrutura e os dados da cloud protegidos contra os ciberataques de Gen V.

O Check Point CloudGuard IaaS já se encontra disponível e o CloudGuard SaaS deverá estar no início do segundo trimestre deste ano. Pode obter mais informação sobre o Check Point CloudGuard seguindo este link.

Classifique este item
(0 votos)
Ler 1910 vezes

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico.

O nome Wintech surge com o objetivo de apresentar conteúdos relacionados com o Windows (Win) e também com tecnologia (tech).

Wintech TV

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top

Usamos cookies para lhe dar a melhor experiência online. Ao usar o nosso website, está a concordar com o uso dos nossos cookies em concordância com a nossa política de privacidade.