De acordo com um estudo realizado pela Ricoh Europa divulgado hoje, os trabalhadores portugueses acreditam que um melhor acesso à tecnologia poderia fazê-los poupar 3,5 dias todos os meses. Ao nível europeu quase metade das 3600 pessoas entrevistadas (47%) está convencida de que a tecnologia que utiliza no seu trabalho está aquém das expectativas de produtividade e eficiência e acredita inclusivamente que chega a perder até 42,3 dias por ano por falta dos recursos certos.

O inquérito revela que os entrevistados deseja ter uma maior componente digital no local de trabalho e 59% acredita que uma tecnologia mais inovadora teria um impacto positivo sobre a sua carga laboral. De acordo com os dados do Banco Central Europeu, o crescimento da produtividade anual diminuiu de 2% em 1995 para apenas 0.5% em 2016.

Segundo a análise do Observador Cetelem Natal 2017, que mede as intenções de compra dos consumidores nesta quadra festiva, regista-se um aumento do online enquanto método utilizado para a pesquisa das prendas a oferecer no Natal. Assim, 22% dos consumidores vão à Internet antes de efetuarem as suas compras. Este é um crescimento de 3 pontos percentuais face a 2016. Já 38% dos portugueses pesquisam a Internet em segundo lugar, mais 14% que em 2016.

O relatório da Kaspersky Lab encontrou sinais que mostram uma diminuição acentuada dos ataques durante o “Grey Saturday” tanto em 2015 como em 2016. No último ano, houve uma descida de 33% no número de ataques a websites populares de marcas de retalho e de pagamento online (de cerca de 770.000 para 510.000 ataques detetados), apesar de este ser o segundo maior dia de compras em alguns países, como é o caso dos EUA.

“O estudo deste ano sublinha o potencial claro que as compras cross-border representam. Um dos três factores principais que podem ajudar as compras online cross-border relaciona-se com os comportamentos e requisitos locais, bem como com as necessidades específicas em cada mercado. Plataformas mobile-friendly são o segundo destes factores, suportados pelo crescimento do m-commerce. E, finalmente mas não menos importante, garantir que a 1ª experiência para os novos e-shoppers assegura a sua fidelização a longo prazo”, refere Jean-Claude Sonet, Marketing Director do DPDgroup.

Os portugueses querem gastar, no máximo, até 25 euros por presente este Natal. Esta é uma das conclusões do inquérito online desenvolvido pela Science4you, entre os meses de agosto e setembro, junto de 1.600 visitantes do site da empresa portuguesa de brinquedos educativos, com o objetivo de aferir as intenções de compra dos portugueses este Natal.

Alteração dos hábitos de utilização da internet, maior dependência de dispositivos móveis e uma postura indiferente quanto à segurança dos seus dispositivos são indicados como as áreas de cibersegurança chave no mais recente Kaspersky Cybersecurity Index da Kaspersky Lab – um conjunto de indicadores desenvolvidos para mostrar as mudanças no comportamento dos utilizadores da internet e os riscos a que estes estão sujeitos. Na primeira metade do ano de 2017, o Index revelou que os utilizadores estão a usar cada vez mais o telemóvel, que os utilizadores mais velhos enfrentam um maior número de perigos e que a quantidade de utilizadores protegidos por soluções de segurança que foram atacados diminuiu.

A adoção de dispositivos móveis para gerir dinheiro, realizar operações bancárias e efetuar pagamentos é maior do que nunca, já que 77% dos europeus e 75% dos portugueses utilizam agora os seus dispositivos móveis para acompanhar as suas finanças e realizar pagamentos diários, como contas, estacionamento e atividades de lazer.

O estudo “Tecnologia sem Férias”, promovido pela Samsung, revela que mais de metade dos inquiridos tira fotografias todos ou quase todos os dias com o smartphone.

A Kaspersky Lab publicou um relatório sobre descobertas feitas em computadores utilizados por crianças.

Já lá vai o tempo em que as pessoas entram em modo offline e vão de férias.

Pág. 1 de 2

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico.

O nome Wintech surge com o objetivo de apresentar conteúdos relacionados com o Windows (Win) e também com tecnologia (tech).

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top