As previsões da McAfee indicam que a Microsoft vai ter de enfrentar mais de 40 vulnerabilidades no Windows Vista ao longo do próximo ano. Em causa está o crescimento no número de utilizadores do sistema operativo e a mudança das atenções dos hackers, que começam a aproveitar o facto do software estar a ganhar mais peso no mercado para começarem a aproveitar as suas falhas.

Pelas contas de Craig Schmugar, analista da McAfee, o Vista irá deter 10 por cento do mercado algures durante o próximo ano. Nessa altura será visível a focalização dos hackers no sistema operativo. O número de ameaças reportadas vai crescer significativamente e serão tornadas públicas falhas que até aqui permanecem desconhecidas.
{mosimage}A Blue Phoenix Consulting e a ClearSwift firmaram um acordo para a disponibilização, no mercado nacional, de todas as soluções de gestão e monitorização de conteúdos e protecção de informação interna e externa das organizações. São exemplo disso, o MIMEsweeper, para e-mail, Internet e Messenger que permite a monitorização bi-direccional do fluxo de informação, realizando funções de inserção de conteúdos para impedir a fuga de dados no tráfego outbound, enquanto realiza funções de ‘higiene de perímetro’ no tráfego de entrada. Já o Bastion/DeepSecure proporciona soluções de alta segurança certificadas Common Criteria EAL4 para correio electrónico em ambientes militares e de intelligence.
 Há já algum tempo têm circulado rumores acerca dos alegados perigos da Web 2.0. A nova forma como as pessoas utilizam a Internet e as ferramentas que tornam possível a colaboração entre utilizadores conduziu à percepção de que está a abrir portas para novos sistemas de infecção.

Isto simplesmente não é verdade. O que acontece é que o malware está a explorar estes novos canais para se propagar ainda mais rapidamente. As infecções continuam a estar alojadas em páginas Web. Os produtos antivírus possuem sistemas para detectar códigos maliciosos descarregados da Internet, e podem oferecer protecção independentemente do código malicioso ser proveniente de uma disquete ou de um blog.
 O CCleaner é um fantástico utilitário que permite optimizar o sistema ao remover ficheiros desnecessários e/ou temporários do seu computador. Desta forma vai conseguir obter mais espaço no disco rígido e logicamente ganhar em desempenho.

Este software permite ainda eliminar rastos deixados pelos ficheiros do Windows, Internet Explorer e outras aplicações.

 A Mozilla Foundation disponibilizou uma nova versão (2.0.0.10) do seu browser open-source, o Mozilla FireFox.

Esta nova build apresenta correcções de segurança em relação à build anterior e que foram detectadas recentemente tendo agora a Mozilla Foundation corrigido. O FireFox possui ainda um filtro de protecção anti-phishing, suporte a RSS, entre muitas outras novidades. Sendo que pode igualmente personalizar a skin de forma a enquadrar-se melhor no seu ambiente de trabalho.

  Download : Mozilla FireFox 2.0.0.10 (PT)
Download : Mozilla FireFox 2.0.0.10 (UK)
 Novidades : Mozilla FireFox 2.0.0.10
HomePage : Mozilla FireFox
Licença : Freeware | Sistemas Sup.: Windows

 O WinBubble é um fantástico utilitário e essencial para quem utiliza o Windows Vista. Com o recurso a poucos cliques este software permite optimizar e personalizar algumas funcionalidades no Windows Vista, por exemplo :

* Remover as setas dos icons de atalho.
* Personalizar opções dos screensavers
* Aumentar velocidade do menu Start
* Activar de forma fácil efeitos Aero.
* Modificar inumeras opções do Internet Explorer...

 Download : WinBubble 1.0
 HomePage : WinBubble
 Licença : Freeware | Sistemas Sup.: Windows Vista
 A versão 9 do Windows Live Messenger deverá incluir uma funcionalidade contra o SPIM (forma de spam via mensagens instantaneas). Esta forma de envio de publicidade é usada por vezes explorando algumas falhas de software e poderá querer dizer que um hacker conseguiu invadir a sua conta e pode ainda provocar que outros contactos acedam a determinados sites com fins comerciais ou com código malicioso.

A versão 9.0 do WLM está ainda em fase muito inicial pelo que ainda não se sabe ao certo como a Microsoft irá controlar este problema. Este problema já há algum tempo que é preocupação de outras empresas e que como método de segurança usam o recurso a uma black list de spammers conhecidos, pelo que a Microsoft deverá também incorporar esta forma de combate contra o SPIM.

Sobre nós

Nascida em 2002, a Wintech é uma pagina web que reúne informações sobre tecnologia. Apresenta regularmente guias, análises, reportagens e artigos especiais de tudo o que rodeia o mundo tecnológico.

O nome Wintech surge com o objetivo de apresentar conteúdos relacionados com o Windows (Win) e também com tecnologia (tech).

Ultimos comentários

Newsletter

Receba as notícias no seu e-mail

Top